Home»VIDA»CASA & FAMÍLIA»Portugueses dispostos a pagar mais por produtos inovadores

Portugueses dispostos a pagar mais por produtos inovadores

A entrega do Produto do Ano, sistema que avalia os produtos mais inovadores no mercado nacional, é feita hoje, 10 de fevereiro, no Pavilhão do Conhecimento, em Lisboa.

Pinterest Google+

Uma avaliação levada a cabo pela Netsonda, que envolveu 4708 inquiridos, revela que 92% dos portugueses gostam de experimentar novos produtos, enquanto 79% dos portugueses está
disposto a pagar mais por um produto novo, desde que o satisfaça.

 

O mesmo estudo revela que 66% dos portugueses são da opinião que os novos produtos são pouco diferentes dos produtos já existentes e a maioria dos consumidores (87%), sobretudo
mulheres, privilegiam os produtos que tenham uma boa relação qualidade/preço. Existe ainda quem valorize os produtos que melhoram a saúde – 53% dos portugueses – e 39% da população inquirida prefere produtos mais naturais, especialmente as mulheres.

 

VEJA TAMBÉM: FINANÇAS FAMILIARES: COMO RESOLVER PROBLEMAS DE DINHEIRO NO CASAL

 

De acordo com 31% dos consumidores, o preço pode influenciar a compra do produto inovador, mas cerca de 18% dos inquiridos, apontam a não adequação do produto como o motivo que
influencia a compra. Apesar de estarmos na era do e-commerce, foi possível perceber com este estudo, que as lojas físicas continuam a ser o local de maior contato com os produtos eleito
pelos consumidores (63%).

 

Os consumidores portugueses já escolheram os 42 produtos mais inovadores num total de 126 avaliados, sendo que o produto considerado mais inovador foi a APP FreeStyle Libre Link da
Abbott, um dispositivo que se destina a medir os níveis de glicose em indivíduos portadores de  diabetes. Dos 42 produtos distinguidos, destaca-se a marca Continente que arrecadou sete Produtos do Ano e a NOS, que foi galardoada com quatro Produtos do Ano.

 

VEJA TAMBÉM: DO BAMBU AO BIOPLÁSTICO: A SUSTENTABILIDADE CONQUISTA O MUNDO DO CONSUMO

 

O Produto do Ano é o único método de avaliação da inovação em produtos com presença mundial e certificado em Portugal com o ISO9001 em gestão de qualidade. Atualmente presente em 46 países, o seu objetivo é guiar os consumidores até aos melhores produtos do mercado e  premiar os produtores pela qualidade e inovação.

 

Em Portugal, o Produto do Ano constitui um poderoso instrumento de marketing para as empresas premiadas, com resultados comprovados no aumento de vendas, da distribuição e da notoriedade da marca.

 

Artigo anterior

Sabe o que os seus colegas de trabalho pensam sobre si? Estudo diz que não faz ideia

Próximo artigo

Sopa: um alimento funcional e desintoxicante