Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Portugueses aumentam consumo de suplementos alimentares durante a pandemia

Portugueses aumentam consumo de suplementos alimentares durante a pandemia

Três em cada dez consumidores reforçaram a toma de suplementos alimentares com o intuito de se protegerem contra a COVID-19.

Pinterest Google+
PUB

A DECO PROTESTE, organização de defesa do consumidor, afirma que 41% dos portugueses consome suplementos alimentares e que três em cada dez reforçaram a sua toma no decorrer da pandemia.

 

O estudo realizado pela organização de defesa do consumidor revela ainda que 71% dos consumidores é da opinião que os suplementos alimentares reforçam o sistema imunitário e que poderá mantê-los a salvo da infeção por COVID-19.

 

Segundo os dados apurados pela DECO PROTESTE, 61% dos inquiridos referiram o fortalecimento do sistema imunitário como principal razão para a ingestão destes produtos; 60% mencionou o reforço de energia e 52% o restabelecimento dos níveis de vitaminas e minerais no organismo.

 

O consumo de suplementos alimentares está também correlacionado com o nível de escolaridade, sendo que à medida que o grau académico aumenta, sobe a procura por estes produtos.

 

Embora o número de portugueses a consumir suplementos alimentares seja considerável, 76% dos inquiridos acha que esta decisão deve ser tomada sob supervisão de um profissional de saúde.

 

Os resultados analisados permitem perceber que são as farmácias a concentrar as vendas de suplementos alimentares (63%) e que 42% dos consumidores adquirem os seus produtos na internet. A maioria dos consumidores de suplementos alimentares são mulheres (59%) com uma média de 39 anos de idade.

 

VEJA TAMBÉM: 

ALIMENTOS QUE FORTALECEM O SISTEMA IMUNITÁRIO

PRÉBIOTICOS: ALIMENTE AS BACTÉRIAS PROBIÓTICAS AMIGAS DA SAÚDE INTESTINAL

VITAMINA D: SAIBA COMO OBTER ESTA PRECIOSA VITAMINA

 

 

Artigo anterior

Os sorrisos não são todos iguais e têm diferentes impactos físicos

Próximo artigo

Primeira unidade totalmente dedicada à miopia abre em Lisboa