Home»GLAMOUR»MODA»Portugal Fashion inicia-se às 14h41 em Lisboa e prossegue para a nova cidade da moda no Porto

Portugal Fashion inicia-se às 14h41 em Lisboa e prossegue para a nova cidade da moda no Porto

O desfile dos Storytailors marca o arranque da 42ª edição do Portugal Fashion, a 17 de março, com as tendências para o outono/inverno 2018/2019. Durante quatro dias, em Lisboa e no Porto, 34 desfiles de estilistas como Carlos Gil, Alves/Gonçalves, Luis Buchinho, Miguel Vieira ou Nuno Baltazar vão mostrar o melhor da moda portuguesa. Mas esta edição é sobretudo marcada pelo nascimento de uma verdadeira cidade da moda, no Porto, a par do que se faz nas grandes semanas de moda internacionais.

Pinterest Google+

É no novo Terminal de Cruzeiros de Lisboa, em Santa Apolónia, que se vai iniciar o 42.º Portugal Fashion outono/inverno 2018-19, no dia 17 de março, às 14:41. Sim, é mesmo este o horário ou não fossem os Storytailors os primeiros a entrar em cena no edifício desenhado pelo arquiteto Carrilho da Graça. Como vem sendo hábito, a dupla João Branco e Luís Sanchez promete não um tradicional desfile em passerelle, mas uma fashion show performance. (Veja o line up completo no final do artigo).

 

Mas é no Parque da Cidade do Porto que se concentra boa parte do programa de desfiles desta edição, que prossegue para a Invicta nos dias 22, 23 e 24. Vai então nascer uma verdadeira cidade da moda no maior parque urbano do país, onde será instalada uma megaestrutura com capacidade para acomodar três espaços de desfiles, bastidores, showroom, várias áreas sociais e de lazer, sala de imprensa, entre outras valências.
 

VEJA TAMBÉM: O BEST OF DA MODALISBOA: AS NOSSAS ESCOLHAS

 

Com 10 mil m2 de área total, oito mil dos quais totalmente cobertos, a megaestrutura a instalar no Parque da Cidade do Porto é composta por seis módulos distintos. Para se perceber a ordem de grandeza em causa, deve referir-se que as três áreas de passerelle previstas têm 1.000 m2 cada uma, onde cabem confortavelmente cerca de 1.000 espectadores por desfile.

 

«Nesta edição, vamos seguir a lógica organizativa dos grandes shows de moda internacionais, como as fashion weeks de Londres, Nova Iorque e Paris, que privilegiam a realização dos desfiles em grandes estruturas amovíveis instaladas em locais nevrálgicos das cidades», explica o diretor de comunicação do Portugal Fashion, Rafael Alves Rocha. «Queremos aproveitar as potencialidades do Parque da Cidade do Porto, um espaço com excelentes condições para a organização de eventos: amplitude, comodidade, bons acessos, aprazibilidade, etc.. Em termos de conforto e funcionalidade, quer para os protagonistas dos desfiles, quer para os nossos convidados, é uma magnífica solução», acrescenta.

 

VEJA TAMBÉM: CALCE NACIONAL PARA UNS PÉS MAIS SEXY

 

Voltando a Lisboa, a seguir aos Storytailors, o evento entra em velocidade de cruzeiro com uma série de nomes grandes da moda portuguesa, a saber: Alexandra Moura, Susana Bettencourt, Pedro Pedro, Alves/Gonçalves, Carlos Gil e TM Collection by Teresa Martins.

 

Os Storytailors apresentam uma coleção gender fluid, com peças divisíveis através de fechos e conjugáveis entre si. Já Alexandra Moura aposta nos trench-coats e vestidos oversized, enquanto Susana Bettencourt privilegia as malhas tricotadas grossas fundidas com bombazine brilhante e os jacquards de padrões fortes. Rompendo com o casual sportswear, Pedro Pedro traz-nos uma nova abordagem do workwear em que pontificam peças fluidas, de formas soltas e oversize.  A dupla Alves/Gonçalves propõe looks com apelo urbano, numa coleção marcada pelos tules, veludos, sedas, rendas e nylon. As propostas de Carlos Gil, por seu turno, remetem para o imaginário disco sound dos anos 70-80, combinando a sofisticação urbana característica do criador com peças sporty. Por fim, a nova coleção da TM Collection revela formas soltas e estruturadas em peças com os tons da floresta.

Artigo anterior

O aroma terapêutico da canela

Próximo artigo

Cancro colorretal: rastreios gratuitos em abril