Home»BEM-ESTAR»CORPO»Porque temos de fazer exercício?

Porque temos de fazer exercício?

Nada substitui a contração muscular. Nenhuma pílula milagrosa que exista ou esteja para vir. Não virá. É um assunto incontornável.

Pinterest Google+

 

Fazer exercício é indiscutivelmente essencial. O nosso design anatómico e toda a nossa fisiologia estão preparados para o movimento, para a contração muscular.

 

O ideal seria que colocássemos a prática de alguma forma de atividade física (ou exercício) no mesmo nível de prioridade de higiene física que o duche ou a higiene dentária. Hoje em dia, a maioria das pessoas já interiorizou a importância de algumas práticas de higiene para a saúde, incluindo diariamente a escovagem de dentes, nas suas rotinas. Contudo, não assume a atividade física como uma forma de higiene diária. Não me refiro à frequência de um ginásio todos os dias da semana. Se frequenta um ginásio algumas vezes por semana, isso é muito bom e deve manter. Nos restantes dias da semana, poderá encontrar outras formas de estímulo muscular, através de atividades diversas, como subir escadas, caminhar, realizar exercícios no local de trabalho ou em casa. O ideal será que este plano de exercícios sejam recomendados pelo mesmo profissional que previamente o avaliou no ginásio, e que conhece o seu perfil, as suas necessidades e condicionantes físicas.

 

Quem não frequenta um ginásio e não tem acesso a exercício estruturado por profissionais, deve procurar incorporar no seu dia-a-dia formas de atividade física seguras e graduais, de um modo regular (diário ou quase diário). Tornando-se uma pessoa ativa no verdadeiro sentido da palavra.
O músculo, como qualquer outro órgão humano, atrofia e entra em disfunção se não for utilizado. Não exercitar o aparato muscular que possuímos, por tempo prolongado, induz desordem metabólica e, em última instância, doença.

 

A atrofia muscular, tanto a global como a localizada, é acompanhada de uma natural e consequente redução da sensibilidade das células musculares ao uso do açúcar como combustível. Aliás, o uso de qualquer combustível por esse tecido diminui consideravelmente.
O acúmulo de energia sob a forma de gordura corporal ocorre principalmente em situações de perda global de massa muscular, por exemplo, por via de uma vida sedentária, especialmente quando acompanhada de uma elevada ingestão de açúcares e de alimentos processados.

 

Fazer exercício é uma medida ESSENCIAL de higiene para a saúde!

 

Artigo anterior

Ciência prova o poder das expetativas

Próximo artigo

Barbie e Keds juntam-se para colorir os pés das meninas