Home»AMOR»SEXUALIDADE»Pompoarismo, a técnica que ajuda a melhorar a intimidade feminina

Pompoarismo, a técnica que ajuda a melhorar a intimidade feminina

O pompoarismo é uma cultura milenar de origem oriental que visa melhorar o prazer sexual e a saúde íntima da mulher, através do fortalecimento do soalho pélvico.

Pinterest Google+

Esta é uma técnica nascida no oriente há milhares de anos e que chegou ao ocidente nos anos 40, através do médico ginecologista Arnold Kegel. O verbo pompoar significa contrair voluntariamente o canal vaginal e com isso fortalecer o soalho pélvico feminino através de exercícios feitos com acessórios (bolinhas e cones vaginais).

 

Está comprovado que a técnica funciona e que ajuda muitas mulheres, inclusive no resgate da libido, pois aumenta o prazer sexual. No ocidente as mulheres associam o pompoarismo a práticas eróticas, mas o pompoarismo milenar tratava de uma cultura feminina, transmitida de mulher para mulher, que favorece a saúde íntima e o poder feminino. O pompoarismo é uma cultura milenar passada de mãe para filha, sendo que muitos dizem que nasceu na índia, outros na China, na Tailândia, no Japão entre outros países do Oriente.

 

VEJA TAMBÉM: ANORGASMIA: NUNCA SENTI NADA

 

Mesmo estando no século XXI, ainda encontramos muitos mitos e tabus relacionados com a sexualidade feminina. As práticas do pompoarismo permitem à mulher conectar-se  com a sua vitalidade, despertando a sua autonomia e autoestima.

 

É uma ginástica íntima feminina com benefícios imensuráveis. A arte de pompoar tonifica a região íntima da mulher, com resultados em quem tem problemas de libido, dor nas relações sexuais, aumenta a consciência vaginal, intensifica a sensibilidade, melhora a irrigação sanguínea na região pélvica, resolve problemas de ressecamento vaginal em mulheres que estão na menopausa, fortalece a musculatura do períneo, evita a queda de útero, bexiga e a necessidade de fazer uma cirurgia de períneo.

 

Pompoarismo, a téncica que ajuda a melhorar a intimidade feminina

(Foto: Renato Velasco)

Além disso, elimina cólicas e sintomas da TPM, melhora o funcionamento do intestino, reduz o fluxo sanguíneo durante o período, trata problemas de incontinência urinária (40% da população feminina é afetada por esse problema em Portugal), evita rupturas do períneo no parto, como recuperando a flacidez no pós-parto.

 

VEJA TAMBÉM: ALIMENTOS AFRODISÍACOS: PARA AUMENTAR A TEMPERATURA NESTE INVERNO

 

A prática do pompoarismo na vida da mulher tem proporcionado melhor desempenho na sua saúde física e emocional, pois ajuda a mulher a desempenhar as suas tarefas diárias com mais qualidade de vida e bem estar. A mulher passa a compreender melhor a sua essência feminina com a prática dos exercícios.

 

Estas práticas no quotidinaoe tornam-se num tratamento de prevenção que ajuda no auxilio de algumas doenças, elevando a autoestima e permitindo à mulher sentir-se mais segura e consciente da sua sexualidade.

 

Por Mónica Rocha

Terapeuta de pompoarismo

 

Artigo anterior

Menopausa e reflorescimento: cuidados Ayurvédicos para mulheres maduras

Próximo artigo

Dieta no inverno: pecar sem culpa