Home»BEM-ESTAR»CORPO»Podemos fazer o mesmo treino todos os dias?

Podemos fazer o mesmo treino todos os dias?

Normalmente, há dois cenários diferentes quando se trata de como as pessoas funcionam. Uma abordagem é encontrar um treino de que gostam (como correr, cycle ou yoga)e, em seguida, fazer esse treino todos os dias. O segundo cenário é fazer várias coisas de forma a ter um treino diferente todos os dias, ou trabalhar de forma diferente dependendo do humor.

Pinterest Google+
PUB

Em geral, não devemos fazer os mesmos movimentos de treino, atividades ou rotinas com a mesma intensidade todos os dias, pois os nossos corpos são incrivelmente inteligentes e aprendem a adaptar-se ao stress relativamente rápido. Assim, para ficarmos mais fortes ou melhorarmos a forma física geral, temos de continuar a desafiar-nos, como adicionar cargas mais pesadas ou trabalhar novos grupos musculares de uma forma diferente.

 

Se treinarmos por conta própria num ginásio, poderá ser mais fácil mudarmos a rotina de treino, uma vez que podemos estruturar o próprio treino. Mas se formos às aulas ou a um estúdio de fitness, podemos estar habituados a fazer o que o instrutor disser e sentir que não conseguimos controlar o treino.

 

A boa notícia é que se fizer aulas num estúdio pode pensar que é o mesmo treino todos os dias, mas nos bastidores a equipa de treino está provavelmente a mudar o conteúdo da aula regularmente, mesmo que isso não seja percetível. Por exemplo, uma aula de localizada ou uma aula de cycle indor, embora pareça sempre igual, basta introduzir uma carga externa (como caneleiras ou pesos) ou mudar o rácio de treino\recuperação, para ser completamente diferente.

 

VEJA TAMBÉM: OS BENEFÍCIOS E OS CUIDADOS QUANDO PRATICAMOS ALONGAMENTOS

 

Por isso, se atualmente tem aulas num estúdio, experimente um formato de classe diferente ou tente mudar a aula algumas vezes por semana. Por exemplo, se o seu estúdio oferece treino de força e aulas de cardio, tente alternar dias e adicionar outra aula de yoga ou alongamento para mudar as coisas. Além disso, tente ter a certeza de que está a avançar para algo novo a cada três semanas, uma vez que estará a desafiar-se quando o seu corpo começar a ficar confortável com a sua rotina atual.

 

A rotina de treino precisa de variedade

Além de desafiar o seu corpo e evitar que se aborreça, existem várias outras razões para mudar os treinos. Se dedica o seu tempo a fazer exercício todos os dias, mas não vê o progresso que gostaria, pode ter atingido um “Plateau”.

 

Isto acontece quando fazemos o mesmo treino muitas vezes e o corpo se adaptou, o que significa que não vai ficar mais forte e o corpo vai continuar na mesma. Para se aproximar do seu objetivo, terá de mudar as coisas ou adicionar um desafio. Fazer o mesmo tipo de treino todos os dias acabará por levar a um “Plateau” nos seus resultados.

 

Desequilíbrios musculares podem levar a lesões

Quando fazemos o mesmo treino todos os dias, estamos a trabalhar nos mesmos grupos musculares. Embora não tenha problemas com isso a curto prazo, com o tempo poderá desenvolver desequilíbrios musculares. Isto acontece quando se usa demasiado um grupo muscular em comparação com outros grupos.

 

Dependendo do tipo de treino, fazer a mesma rotina diária também pode estar a prejudicar o seu corpo e pode levar a desequilíbrios musculares se estiver constantemente a treinar os mesmos grupos musculares ou apenas se mover num plano de movimento.

 

Flutuações hormonais ao longo do mês

Mudar o seu treino também pode beneficiar a parte hormonal. As mulheres são muito diferentes dos homens a nível bioquímico. É importante que as mulheres mudem as suas rotinas de treino e façam treinos de menor intensidade durante certas partes do seu ciclo mensal.

 

Sincronização de ciclos é a ideia de treinar com base na forma como as suas hormonas mudam ao longo do mês para obter um desempenho e resultados ideais. Um estudo de 2016  mostrou que as mulheres que adaptaram os seus treinos aos seus ciclos mensais perderam mais peso do que as que não o fizeram.

 

Concluindo

É importante realizar atividades que gostamos e equilibrar isso com outras, que embora não sejam as mais agradáveis, vão de encontro ao nosso objetivo de treino. Variar é uma das chaves do sucesso de qualquer plano de treino.

 

BONS TREINOS…VARIADOS!!!

Artigo anterior

Como dar a volta ao cansaço

Próximo artigo

Alimentos ricos em hidratos de carbono que fazem muito bem à saúde