Home»LAZER»DICAS & VIAGENS»Plataforma com viagens e experiências surpresa chega a Portugal

Plataforma com viagens e experiências surpresa chega a Portugal

A Flappin oferece viagens para mais de 100 destinos na Europa e escapadinhas em Portugal surpresas até 48h antes do início da viagem.

Pinterest Google+
PUB

Para todos os que gostam de ser verdadeiramente surpreendidos, chega agora a Portugal a Flappin, a nova agência que prepara viagens e experiências totalmente surpresa. A partir de agora, é possível viajar “à sorte” pela Europa e todos os que embarcarem nesta aventura podem usufruir de 10% de desconto da campanha de lançamento.

 

Lançada em Espanha em 2021, com o objetivo de ajudar os amantes de viagens a viver experiências únicas sem a preocupação de as preparar, a Flappin vem oferecer viagens para mais de 100 destinos na Europa, de entre os quais Paris, Londres e Florença.

 

Para os que preferem conhecer novos destinos dentro do país, a plataforma de viagens oferece ainda escapadinhas por Portugal, que incluem alojamento em hotéis a menos de três de distância de carro da zona de residência. Independentemente da opção escolhida, a plataforma tem a particularidade de apenas revelar a surpresa 48 horas antes do início da viagem.

 

VEJA TAMBÉM: ÉVORA: UMA VIAGEM PELA HISTÓRIA DA HUMANIDADE

 

Com foco em experiências únicas, mas mais acessíveis, a Flappin apresenta também packs com experiências para todos os gostos, tanto para os mais aventureiros, como para os amantes de gastronomia ou para aqueles que gostam simplesmente de relaxar. No caso das experiências, também estas são surpresa até duas horas antes do seu início, com a vantagem de a agência oferecer um plano absolutamente personalizado e memorável.

 

“Sentimos que havia algo que faltava no mercado das viagens e das experiências que fosse dedicado às novas gerações. Faltava uma opção que fosse segura, mas que conseguisse proporcionar, ao mesmo tempo, a adrenalina da surpresa. Por isso, decidimos arriscar e dar o passo para revolucionar esta indústria. Viemos facilitar o processo e garantir que as pessoas conseguem aproveitar as experiências sem terem de se preocupar com a escolha ou com a preparação”, explica Pol Clavell, CEO e cofundador da Flappin.

 

Sobre a escolha de Portugal para expandir a operação da Flappin, o próprio acrescenta: “Sabemos que os jovens portugueses têm muito este espírito destemido e aventureiro. Por isso, vimos no mercado português uma grande oportunidade para promover este novo modo de viajar e de viver as experiências”.

 

Atualmente, a Flappin já conta com parcerias com hotéis, restaurantes e spas em Portugal, que somam um total de 15 experiências diferentes, que podem ser aproveitadas tanto individualmente como em grupo, e que estão disponíveis para oferecer enquanto presente.

 

Como usufruir das experiências

Para usufruir das ofertas da Flappin, é apenas necessário escolher no site a categoria desejada – viagem, escapadinha ou experiência –, preencher os requisitos base e deixar que a plataforma trate do resto. Para os que não querem arriscar a surpresa total, há ainda a possibilidade de excluir alguns destinos e personalizar a experiência.

 

Os preços encontram-se, à partida, tabelados, oferecendo um leque de opções tanto para os que não gostam de olhar a custos, como para os que procuram algo mais acessível, com viagens para destinos da Europa com voo e alojamento desde 149€ ou escapadinhas pelo país a partir de 49,90€. Ainda assim, para celebrar a chegada a Portugal, todos os que se estrearem a viver experiências surpresa com a Flappin podem usufruir de um desconto de 10%.

 

Em Espanha, país de origem, a agência de viagens já conta com mais de 220 destinos, 150 parceiros gastronómicos e mais de mil hotéis, totalizando, até ao momento, mais de 6000 noites e experiências surpresas.

 

No final do ano passado, a Flappin fechou a sua primeira ronda de investimento no valor de 400 mil euros que promete investir em novos destinos e experiências únicas.

Artigo anterior

Estafetas para antissociais: a proliferação dos robots de entregas autónomos

Próximo artigo

Primeiro festival das Reservas da Biosfera portuguesas