Home»VIDA»CASA & FAMÍLIA»Peças originais são a grande tendência de decoração revelada na feira Ambiente em Frankfurt

Peças originais são a grande tendência de decoração revelada na feira Ambiente em Frankfurt

Embora individualmente muito diferentes, as novas propostas para o lar têm um denominador comum: servir o essencial da vida, como mais tempo para a família, amigos e para si mesmo. Saiba o que ditam as novas tendências de decoração e veja as fotos da feira.

Pinterest Google+
PUB

De 10 a 14 de fevereiro, decorreu a Feira Ambiente em Frankfurt, Alemanha, onde foi exibida a maior mostra de produtos para a casa da Europa e uma das maiores do mundo, distribuída por dez pavilhões, de múltiplos pisos, num total de 367 mil metros quadrados. A mostra dita as novas tendências na área da decoração de interiores.

 

A principal tendência e a mais comum entre todo o leque variado de novidades é a apreciação por coisas originais, caseiras e feitas à mão. Este ano, os fabricantes apostam em materiais naturais (vime, madeira, cortiça e cerâmica) não tratados ou combinados com verniz. No que concerne à estética, os padrões geométricos, linhas finas e decoração étnica estão cada vez mais em evidência. Na primavera, são adicionados os motivos florais, juntamente com pássaros, borboletas e besouros.

 

Veja também: Dois projetos portugueses conquistam lugar no ‘Talents’ em Frankfurt

 

Aposta-se também em padrões e objetos decorativos marinhos como, por exemplo, peixes, ouriços-do-mar e caranguejos, para criar uma sensação mediterrânica para o verão. Além disso, os abacaxis, os periquitos e, acima de tudo, os catos são elementos que pertencem, indiscutivelmente, à última tendência.

 

A paleta das cores é discreta, na ordem dos beges que deixam mais liberdade para acentos individuais. Os complementos apropriados são fornecidos pelo preto profundo, pelo cobre e pelo ouro. Em termos de produtos de cozinha, as coisas ficam muito animadas: a primavera é celebrada com brilhantes, poderosas cores primárias alternando com pastéis frescos.  As formas esculturais e geométricas determinam a atmosfera com a predominância de tons como preto e branco, cobre, ouro, prata e azul bem escuro.

 

Veja também: Tapetes de cortiça: uma inovação portuguesa com certeza

 

Este ano há uma tendência para a delicadeza e é dada mais atenção aos detalhes, Há, portanto, uma queda reconhecível para o uso do vidro. Em 2017, é tudo sobre a ilustração, o que também enfatiza o desejo de produtos individuais, feitos à mão, com linhas finas e muitas vezes desenhadas de forma natural. A suavidade e gentileza também são enfatizadas através de tricotados ou tecidos em tons quentes naturais, rosa escuro ou azul claro e cinza, que conferem às casas um grau adicional de conforto.

 

Na secção de sala de jantar, o destaque é sobre a funcionalidade, especialmente quando se trata de jantar e um estilo de vida saudável. Ainda assim, a decoração é preferencialmente vintage para dar um toque rústico, transformando os produtos funcionais em acessórios decorativos.

 

Veja também: Dicas de decoração para 2017

 

Os presentes também padecem  de ondas tendenciosas e, este ano, nostalgia é a palavra-chave. Cartas, notas pessoais escritas e decoradas à mão, coisas feitas pela própria pessoa, objetos antigos de infância, etc. Por fim, as tendências de mobilidade e sustentabilidade continuam inabaláveis. Os designers inovadores continuam a apostar em materiais reutilizáveis para elaborar as suas peças.

 

A feira Ambiente recebe anualmente milhares de visitantes de centenas de países. Os números de 2017 ainda não foram divulgados, mas em 2016 teve 136 mil visitantes de 143 países e mais de 4 mil expositores de 95 países, entre os quais Portugal. Na mostra que apresenta talentos, estiverem este ano dois projetos portugueses presentes: o Bisarro e  o João e Maria.

Artigo anterior

Nomeados dos Óscares recebem presentes no valor de 240 mil euros

Próximo artigo

Indiano bate recorde do Guiness com o maior castelo de areia do mundo