Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Paquistão vai ser o anfitrião do Dia Mundial do Ambiente 2021

Paquistão vai ser o anfitrião do Dia Mundial do Ambiente 2021

O tema deste ano centra-se na ‘restauração de ecossistemas’ e na urgência de fazermos as pazes com a natureza e o Paquistão país está a levar a cabo um dos mais ambiciosos esforços de reflorestação do mundo, ao com a plantação de 10 mil milhões de árvores.

Pinterest Google+
PUB

O Paquistão vai ser o anfitrião do Dia Mundial do Meio Ambiente 2021, em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA). O tema deste ano centra-se na ‘restauração de ecossistemas’ e na urgência de fazermos as pazes com a natureza. A data também marcará o lançamento formal da Década das Nações Unidas da Restauração de Ecossistemas 2021 – 2030.

 

Celebrado a 5 de junho, o Dia Mundial do Ambiente é o maior evento anual das Nações Unidas para sensibilizar e promover a ação ambiental e a necessidade de proteger o planeta. Desde que foi comemorado pela primeira vez, em 1974, o evento tornou-se numa plataforma global de divulgação sobre o meio ambiente em mais de 100 países.

 

O anúncio foi feito pelo assessor do primeiro-ministro e ministro da Mudança Climática do Paquistão, Malik Amin Aslam, que se uniu-se diretora executiva do PNUMA, Inger Andersen, para reconhecer a urgência de prevenir, travar e reverter a degradação dos ecossistemas em todo o mundo.

 

VEJA TAMBÉM: UM TERÇO DAS ESPÉCIES DE PEIXES DE ÁGUA DOCE DO MUNDO EM RISCO DE EXTINÇÃO

 

O Governo do Paquistão está a levar a cabo um dos mais ambiciosos esforços de reflorestação do mundo, ao planear expandir e restaurar as florestas do país com a plantação de 10 mil milhões de árvores no espaço de cinco anos. A campanha abrange a restauração de manguezais e florestas, assim como a plantação de árvores em ambientes urbanos, incluindo escolas, universidades, parques públicos e cinturões verdes.

 

«O governo do Paquistão está totalmente comprometido em desempenhar um papel de liderança na abordagem da questão climática, inclusive por meio da iniciativa de plantar 10 mil milhões de árvores, que irão restaurar e melhorar mais de 1 milhão de hectares de floresta em todo o país», afirmou Aslam. «Temos a honra de sediar o Dia Mundial do Ambiente deste ano e de dar o nosso apoio aos esforços globais de restauração», acrescentu o governante paquistanês.

 

A Década das Nações Unidas tem o objetivo de aumentar em grande escala a restauração de ecossistemas degradados e destruídos para combater a crise climática, evitar a perda de um milhão de espécies e aumentar a segurança alimentar, o abastecimento de água e a subsistência. Restabelecer os reservatórios naturais de carbono – tais como florestas e turfeiras – poderia ajudar a travar as emissões climáticas em 25% até 2030. O plantio de espécies de árvores nativas também pode ajudar a amortecer alguns dos efeitos devastadores esperados, tais como o aumento do risco de incêndios florestais.

 

A Década da ONU vai de 2021 até 2030, que é também o prazo final para atingir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e a linha do tempo que os cientistas identificaram como crítica para evitar os piores impactos da mudança climática.

 

 

 

Artigo anterior

Corpo esculpido: os melhores diuréticos naturais para um corpo delineado

Próximo artigo

Nova lei do aborto e direitos das mulheres na Polónia em discussão aberta com eurodeputados