Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Ovos fazem as crianças crescer mais

Ovos fazem as crianças crescer mais

Um estudo realizado com crianças carenciadas no Equador verificou que as que consumiram ovos registaram uma redução significativa na atrofia e baixo peso.

Pinterest Google+

Os ovos afetam significativamente o crescimento das crianças e ajudam a reduzir a atrofia em 47% e a reduzir o baixo peso em 74%, revela um novo estudo realizado pela Escola de Brown da Universidade de Washington, EUA.

 

O efeito observado pela ingestão de ovos foi muito maior do que os já demonstrados em estudos anteriores, revela Lora Iannoti, especialista em nutrição infantil e autora principal da investigação.

 

Veja também: O ovo na alimentação: mitos e realidades

 

O estudo foi realizado junto de bebés carenciados, de 6-9 meses, no Equador. Estes receberam um ovo por dia durante seis meses. O estudo contou com um grupo controle que não recebeu ovos.

 

Os resultados do estudo mostraram que os ovos aumentam o percentil para a altura e para o peso da idade. As crianças que receberam ovos viram a atrofia reduzida em 47% e o baixo peso reduzido em 74%.

 

Veja também. Lanches saudáveis e deliciosos para crianças

 

Estas crianças apresentaram uma maior ingestão dietética de ovos e um menor consumo de alimentos açucarados em comparação com o grupo de controlo.

 

«Os ovos são normalmente baratos e facilmente acessíveis. São também uma boa fonte de nutrientes para o crescimento e desenvolvimento das crianças pequenas e têm potencial para contribuírem para a redução do deficit de crescimento em todo o mundo», explica a especialista.

 

 

Os ovos são um alimento completo, embalado de forma segura e indiscutivelmente mais acessível em populações pobres em recursos do que alimentos complementares, como os fortificados.

Artigo anterior

Casamentos de Santo António, uma tradição de amor em Lisboa

Próximo artigo

Uma vez Playmate, sempre Playmate