Home»GLAMOUR»BELEZA»Os tratamentos físicos e mecânicos para combater a celulite

Os tratamentos físicos e mecânicos para combater a celulite

Corrigir a alimentação e fazer exercício físico será necessário. Mas existe um conjunto de tratamentos físicos e mecânicos que poderão dar uma ajuda no combate à indesejada ‘casca de laranja’.

Pinterest Google+
PUB

A celulite é uma das grandes queixas das mulheres e não está necessariamente associada a gordura, pois existem mulheres magras que se queixam também da típica ‘casca de laranja’.

 

Hoje em dia, o estilo de vida mais sedentário e uma alimentação menos equilibrada leva ao desenvolvimento da celulite, não esquecendo, claro, as especificidades do organismo feminino mais propenso ao desenvolvimento da mesma.

 

Mas, uma vez instalada, falemos de tratamentos. Corrigir a alimentação e fazer exercício físico será necessário. Mas existe um conjunto de tratamentos físicos e mecânicos que poderão dar uma ajuda, embora não existam evidencias científicas que sustentem o seu sucesso comprovado.

 

Assim, podemos falar nos seguintes tratamentos físicos ou mecânicos:

  • Massagens
  • Drenagem linfática
  • Tratamento pelo calor
  • Uso de ultrassons
  • Radiofrequência
  • Terapêutica magnética ou por ondas de rádio
  • Endermologia
  • Estimulação elétrica

 

Outras abordagens ao tratamento da celulite baseiam-se na utilização de substâncias que poderão ajudar a remover a gordura acumulada sob a pele. São elas as metilxantinas, cafeína, pentoxifilina, aminoácidos e ginkgo biloba.

 

Estes agentes podem ser aplicados localmente ou administrados por via oral ou injetável, mas nenhum deles demonstrou cabalmente a sua eficácia, informam as clínicas CUF num artigo dedicado à celulite.

 

Também é comum a aplicação duas vezes por dia de um creme de retinol a 0,3% durante seis meses. Destaque ainda para uma técnica mais recente, realizada com laser, que destrói as células de gordura e confere firmeza à pele.

 

Caberá a cada mulher decidir por qualquer tratamento quer optar, socorrendo-se da ajuda de especialistas para obter os melhores resultados no seu caso particular.

 

VEJA TAMBÉM:

CELULITE: O PAPEL DOS ESTROGÉNIOS

CHEGUE AO VERÃO SEM CELULITE

ESTRATÉGIA INTEGRADA PARA ACABAR COM A CELULITE ANTES DO VERÃO

Artigo anterior

Chocolate: Saiba tudo sobre ‘o alimento mais desejado’

Próximo artigo

Violência de género custa 366 mil milhões de euros ao ano