Home»BEM-ESTAR»CORPO»Os pés na terra!

Os pés na terra!

Pinterest Google+

As férias podem ser um dos períodos mais interessantes do ano para a realização de atividade física, e para o regresso às origens, tão importante quando falamos de movimento.

 

Nas férias, finalmente colocamos os pés na terra. Literalmente!  Ao colocar os pés na areia da praia, caminhar sobre ela é uma bênção para todos os pequenos músculos dos pés que são, em grande parte, desprezados ao longo do ano. O estímulo mais significativo e o melhor trabalho para os pés acontece em qualquer terreno natural não pavimentado, seja de montanha, rocha, areia, lamas, etc. Descalce os seus pés! Sempre que possível em terreno natural.

 

Vá com cuidado, pois os pés híper-protegidos com calçado durante todo o ano não estão preparados para explorar terrenos naturais que sejam demasiado agressivos. A pele fina dos seus pés urbanos não suporta texturas abrasivas por muito tempo.

 

Há alguns anos surgiu uma corrente que suscitou bastante interesse a muitas pessoas – o conceito “barefoot”. Entretanto foram lançadas várias linhas de calçado minimalista. Este tipo de calçado é bastante interessante, a meu ver, para explorar todos os terrenos naturais. Vejo muita utilidade, por exemplo, em fazer um passeio de montanha com estes sapatos. Mais do que usá-los na cidade, em pavimento totalmente plano.

 

Devo lembrar que os nossos pés não foram desenhados para pavimentos duros e planos, e sim para a irregularidade e para as diversas texturas naturais.

 

Sublinho: se os músculos dos pés não forem trabalhados, surgirão problemas ortopédicos. Mais cedo ou mais tarde. Principalmente dores de costas, mas também problemas de joelhos, entre outros igualmente comuns, incluindo dos órgãos.

 

Muitos profissionais do exercício esquecem-se de que os pés jogam um papel absolutamente primordial no equilíbrio do sistema. E menospreza-se o trabalho dos mesmos nos programas de ginásio. Infelizmente.

 

Acredito, enquanto profissional experiente, que, se os pés ganhassem protagonismo como região corporal a trabalhar com intenção, estrutura e progressão, a saúde da maioria das pessoas daria um salto qualitativo.

 

E acredito também que se muitas mães e pais pensassem quão importante é deixar os filhos correr e brincar em terreno natural (onde se vão sujar, e muito, claro), a saúde das nossas crianças seria amplamente melhorada.

 

Recomendo que pense nisto como uma medida de saúde tão importante como apanhar sol! Mesmo que o seu treinador não o mencione. Procure não só realizar exercícios com os pés descalços, como andar descalço em terreno natural sempre que possível. Por exemplo, programe ir jogar raquetes ou vólei de praia uma vez por semana, durante o ano todo, seja em areia ou num relvado!

Artigo anterior

As princesas não existem só nos contos de fadas

Próximo artigo

Construa a sua marca pessoal