Home»FOTOS»Os perigos que se escondem nas águas cristalinas

Os perigos que se escondem nas águas cristalinas

Não há nada melhor do que um mergulho refrescante numa piscina, lago, ribeira, rio ou oceano. O mesmo acham as bactérias e parasitas que, microscopicamente, lhe podem estragar a diversão. Veja os cuidados a ter para evitar doenças.

Pinterest Google+

Com a época balnear ao rubro, aumenta a afluência às praias, piscinas e outros espaços onde se pode dar um mergulho refrescante. Porém, um perigo espreita bem escondido dentro da água cristalina, alerta um professor de doenças infeciosas americano.

 

As bactérias e parasitas podem espreitar em todos os tipos de água e colocar um travão na diversão do verão, a menos que as pessoas tomem algumas medidas simples. «Um dos piores locais é a piscina infantil», alerta Christopher Ohl, também diretor médico de doenças transmissíveis no Departamento de Saúde do Condado de Forsyth.

 

VEJA TAMBÉM: ALIMENTOS AMIGOS DO ESTÔMAGO: UM GUIA SEMPRE EM DIA

 

O especialista continua: «Água morna, rasa e crianças em fraldas – que não conseguem ainda conter as fezes – podem criar um caldo de cultivo perfeito para infeções transmitidas pela água, mesmo que a água tenha cloro. A melhor maneira de evitar que as crianças pequenas fiquem doentes é evitar que elas engulam essa água».

 

Mas não apenas estes os perigos. As bactérias, os parasitas e alguns animais podem representar um perigo muito sério para a saúde. Assim sendo, e como mais vale prevenir do que remediar, não se esqueça de seguir algumas medidas preventivas, que servem para miúdos e graúdos. Veja na galeria acima.

Artigo anterior

Clichés no online dating: o que nunca deve dizer no seu perfil

Próximo artigo

Já há mel novo! Conheça os benefícios deste néctar milenar