Home»BEM-ESTAR»NUTRIÇÃO»Os benefícios de beber cerveja: 10 factos comprovados pela ciência

Os benefícios de beber cerveja: 10 factos comprovados pela ciência

Bebida de eleição nas festas populares, com conta, peso e medida, a ingestão de cerveja pode ser benéfica para a saúde. Existem imensos estudos científicos feitos ao longo dos anos e por diferentes entidades que comprovam vários efeitos positivos, e é disso que lhe damos conta já de seguida.

Pinterest Google+

 

5 – A cerveja ajuda a fortalecer os ossos. A conclusão é da Universidade Tufts, EUA, que indica  os elevados níveis de silício – que promove o crescimento ósseo – contidos na cerveja como um elemento promotor da saúde óssea.

 

6 – Também reduz o risco de diabetes. A Universidade de Harvard, EUA, descobriu numa análise que homens de meia-idade que bebem um ou dois copos de cerveja por dia dia parecem reduzir o risco de desenvolver diabetes tipo 2 até 25%. O estudo com 38 mil homens de meia idade concluiu que o teor de álcool na cerveja aumenta a sensibilidade à insulina, o que ajuda a prevenir a diabetes. Além disso, a cerveja é uma boa fonte de fibra solúvel – um material dietético que ajuda a controlar o açúcar no sangue e desempenha um papel importante na dieta de pessoas que sofrem de diabetes.

 

VEJA TAMBÉM: NÃO BEBE ÁGUA SUFICIENTE? ENTÃO, ESTAS DICAS SÃO PARA SI

 

7 – A cerveja também atua na prevenção da doença de Alzheimer ou outras doenças mentais em 23%. A questão prende-se também com o fluxo sanguíneo que chega ao cérebro, melhorando, portanto, o metabolismo cerebral. O teor de silício presente na cerveja também aparenta ser responsável, uma vez que o silício protege o cérebro dos efeitos nocivos do alumínio no corpo – uma das possíveis causas da doença de Alzheimer.

 

8 – Trata as insónias, uma vez que estimula a produção de dopamina, um composto prescrito por médicos para quem sofre de insónias. De acordo com pesquisas realizadas na Faculdade de Medicina da Universidade de Indiana, EUA, a simples degustação de cerveja aumenta a quantidade de dopamina no cérebro – e, assim, faz com que as pessoas se sintam mais calmas e relaxadas. No entanto, os académicos esclareceram que esses efeitos são alcançados com uma pequena quantidade, o equivalente a uma colher de sopa de cerveja.

 

VEJA TAMBÉM: NOS SANTOS POPULARES, A RAINHA É A SARDINHA!

 

9 – Pode prevenir cataratas em 50%. Pesquisadores da Universidade do Oeste de Ontário, EUA, descobriram que os antioxidantes encontrados na cerveja podem proteger contra danos mitocondriais. As cataratas são formadas quando as mitocôndrias – partes de uma célula responsável pela conversão de glicose em energia – da lente externa do olho são danificadas. O mesmo estudo refere também a prevenção de aterosclerose.

 

10 – Apesar da conhecida ‘barriga de cerveja’, esta bebida pode ajudar a reduzir o peso, segundo um estudo da Universidade do Estado de Oregon. Segundo os cientistas, um composto chamado xanthohumol, comumente encontrado no lúpulo, pode diminuir as hipóteses de se desenvolver uma síndrome metabólica – uma condição que indica obesidade, pressão arterial elevada, aumento do açúcar no sangue e HDL (colesterol mau). Com conta, peso e medida, mais uma vez.

Artigo anterior

‘Fazer exercício para poder comer’: vamos lá esclarecer isto

Próximo artigo

Exagerou na bebida? Veja como evitar a ressaca