Home»BEM-ESTAR»NUTRIÇÃO»Os alimentos para uma alimentação mais equilibrada na primavera

Os alimentos para uma alimentação mais equilibrada na primavera

O confinamento tem pautado a vida dos portugueses nos últimos meses, aliando-se a este o sedentarismo e os excessos alimentares. Doces, salgados ou fritos, são vários os alimentos calóricos que fazem agora parte da rotina de quem sai pouco de casa e que, em muitos casos, deixou o exercício físico para segundo plano. Está na hora de uma primavera mais saudável.

Pinterest Google+
PUB

Morango

Ideal para sobremesas ou saladas, o morango tem diversos benefícios para a saúde, tal como o combate à obesidade e a manutenção da visão. Tem ainda propriedades diuréticas e é rico em vitamina C, o que ajuda na cicatrização e também melhora a circulação.

 

Mirtilo

Este é um fruto antioxidante baixo em calorias, mas rico em nutrientes, vitaminas B e C e manganésio. Possui também um grande teor de fibras, ferro, cálcio, potássio, magnésio, fósforo, entre outros componentes que ajudam a diminuir o colesterol, previnem a gripe e cuidam do coração.

 

Anona

A anona é uma fruta que deve ser comida com moderação, devido ao seu elevado nível de açúcar, mas que, nem por isso, deixa de ter inúmeros benefícios para a saúde. É rica em potássio, magnésio, ácido fólico e fibras, mas também vitaminas B1, B3 e C, que ajudam no combate a células cancerígenas e a bactérias, reduzindo ainda as inflamações.

 

VEJA TAMBÉM: PÓLEN DE ABELHA: BENEFÍCIOS PARA A SUA SAÚDE

 

Ervilhas

Presente em muitos pratos principais, sopas e saladas, as ervilhas são um legume versátil com diversos benefícios para a dieta de quem as consome. Com um baixo valor calórico, são um excelente alimento para aqueles que desejam perder peso. Ajudam ainda na prevenção de doenças cardíacas e no reforço do sistema imunitário e da visão.

 

Espinafres

Este é um vegetal rico em vitaminas A, C e E e com propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, que auxiliam no combate ao envelhecimento da pele e evitam o desenvolvimento de doenças cardiovasculares. Pode ser consumido cru ou cozinhado e inserido em saladas, sopas, refogados ou sumos naturais. É uma opção com poucas calorias, ideal para uma dieta rica em vitaminas e minerais.

 

Font: Maria do Pomar

 

VEJA TAMBÉM:

SUMOS OU BATIDOS: QUAIS OS MAIS BENÉFICOS?

SUGESTÕES PARA PETISCAR COM (ALGUM) EQUILÍBRIO

DEMASIADA PROTEÍNA? CONHEÇA OS ERROS DAS DIETAS HIPERPROTEICAS

ALIMENTOS RICOS EM HIDRATOS DE CARBONO QUE FAZEM MUITO BEM À SAÚDE

COMO UMA BOA ALIMENTAÇÃO PODE AJUDAR A PREVENIR DOENÇAS CARDÍACAS

 

Artigo anterior

A pressão diária é muita? Trabalhe estas formas de resistência

Próximo artigo

Estratégia integrada para acabar com a celulite antes do verão