Home»BEM-ESTAR»NUTRIÇÃO»Os 5 alimentos a evitar se tem sangue tipo B

Os 5 alimentos a evitar se tem sangue tipo B

O tipo B representa um refinamento sofisticado no caminho da evolução, um esforço para reunir povos e culturas diferentes. Reagem ao stress com equilíbrio e harmonia, sendo um dos mais equilibrados imunologicamente.

Pinterest Google+
PUB

Relativamente à alimentação, as suas opções são mais flexíveis: é o único tipo de sangue que parece ter tolerância a laticínios. Reage melhor ao stress, com criatividade, e requer um equilíbrio entre atividade física e mental para permanecer magro e forte.

 

Em geral, os de tipo B são capazes de resistir a muitas das doenças graves e frequentes, como as relacionadas com o coração e o cancro (desde que estejam com o corpo físico, mental e emocional em harmonia). Mesmo quando contraem essas doenças, têm maior probabilidade de lhes sobreviver.

 

Contudo, o seu organismo parece mais vulnerável a disfunções raras do sistema imunológico, como esclerose múltipla, lúpus e síndrome da fadiga crónica.

 

Para que o seu sistema imunológico seja eficiente, deve evitar os seguintes alimentos:

  • Trigo: inibe a eficácia da insulina; torna o processo digestivo e o processo metabólico mais lento, implicando que o alimento seja armazenado sobre a forma de gordura e não transformado em energia.
  • Milho: inibe a eficácia da insulina, prejudica o ritmo metabólico, levando a hipoglicemia.
  • Lentilhas: inibe a absorção adequada de nutrientes, prejudicando a eficácia metabólica e promovendo a hipoglicemia.
  • Amendoim: altamente inflamatório, prejudica a eficiência do metabolismo e inibe o funcionamento do fígado.
  • Trigo-sarraceno: inibe a digestão interferindo assim, na eficácia do metabolismo.

 

amendoim

Para libertar o stress, os exercícios físicos devem ser de intensidade moderada, mas que promovam o equilíbrio mental, como, por exemplo, caminhadas, ciclismo, ténis ou natação.

 

Atualmente, é difícil termos um tipo de sangue puro, o que enfatiza a importância de sabermos o tipo de sangue dos progenitores para um correto aconselhamento.

 

Para adequar a sua alimentação ao tipo de sangue, deve sempre contactar um profissional de saúde com conhecimentos nesta área, pois o grupo sanguíneo dos progenitores deve ser considerado para um correto e eficiente aconselhamento. Para qualquer informação pode contactar-me através do email: neliatavaresmedintegrativa@gmail.com

 

Por Nélia Tavares

Médica dentista especialista em nutrição e bem-estar

 

VEJA TAMBÉM:

OS 5 ALIMENTOS A EVITAR SE TEM SANGUE TIPO A

SANGUE DO TIPO O: OS ALIMENTOS A INGERIR E A EVITAR

 

Artigo anterior

DGS explica como deixar de fumar em 15 passos

Próximo artigo

Viver mais 10 anos: um dos múltiplos efeitos de deixar de fumar