Home»VIDA»ALTERNATIVAS»O signo de escorpião em 2022

O signo de escorpião em 2022

Será um ano intenso para estes nativos, que irão vivenciar, ao fim de 19 anos, o ingresso dos Eclipses no seu eixo, sendo uma fase em que o passado e o presente se misturam de forma a poder ter um foco maior no que o trouxe até esta fase da sua vida.

Pinterest Google+
PUB

 ESCORPIÃO – 23/10 a 22/11

Ao contrário do ciclo anterior, terá a presença de Úrano que se tem mantido no seu signo oposto levando a profundas e repentinas mudanças em busca da sua liberdade. Com a presença do Nodo Sul no seu signo, as suas habilidades mais enraizadas serão importantes para trazer para o presente e acreditar no seu potencial.

 

O seu planeta regente mantém a posição em Capricórnio desafiando ao contato com dores profundas que achou que já tinha libertado. Serão momentos de profunda conexão com a sua vida a de trazer para o presente o novo, o desconhecido, acreditando que atingirá os seus objetivos.

 

​Ao longo de todo o ano o planeta Úrano fica oposto ao seu signo influenciando mais os nativos do segundo decanato, sendo que na altura de abril e maio aumenta a sua intensidade, podendo vivenciar o que tanto pediu e que de alguma forma será difícil voltar atrás para mudar.

 

VEJA TAMBÉM: EU SOU ESCORPIÃO: AS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DESTE SIGNO

 

Não que esta tendência seja negativa, pelo contrário, será importante focar-se no que desejou. Caso precise fazer ajustes, aproveite a presença da Lua Nova do ano, que acontecerá a 25 de outubro, em Eclipse Solar, em conjunção a Mercúrio e a Vénus, renovando e criando algo novo de forma a valorizar o que tem investido e ajustar o necessário.

 

O Eclipse Lunar do seu signo ocorre a 16 de maio e forma quadratura a Saturno e oposição a Úrano, alterando a sua sensibilidade e podendo exacerbar o seu ego criando tensões no meio ambiente.

 

Utilize este posicionamento para resgatar de alguma forma a sua força usando os seus sentimentos e mostrando, a quem confia, a sua vulnerabilidade. Caso pretenda comprar casa, mudar de casa, ou até mesmo de trabalho, use a força de Marte em Carneiro em maio e aproveite a estadia da Vénus no seu signo em outubro para poder reavaliar os seus investimentos.

 

A presença de Mercúrio nos meses de janeiro, maio, setembro e dezembro no movimento retrógrado ajuda a reavaliar e a procurar mais informação, para poder fazer escolhas de forma a tomar as melhores decisões. Tenha cautela a partir de novembro com o seu coregente retrógrado no signo de Gémeos, onde será necessário o uso da estratégia com maior astucia e muita calma.

 

Ao longo do ano, aproveite os meses de janeiro a início de maio e de novo em outubro pelo trígono do seu Sol a Júpiter no signo de Peixes, que minimiza alguns posicionamentos mais intensos e permite renovar a sua esperança e otimismo. A criatividade e a forma como se envolve em projetos podem trazer oportunidades e resultados inimagináveis. Não tenha receio de se expor e de sentir o merecimento dos seus esforços.

 

Nos relacionamentos afetivos de compromisso pode haver uma nova fase, podendo casar ou até mesmo juntos comprarem casa ou outros projetos que têm vindo adiar como casal. Procure tirar momentos a dois e quebrar rotinas para que os problemas do trabalho e dia-a-dia não afetem a sinergia e o romance.

 

Os nativos solteiros podem este ano rever alguma relação antiga, ou até mesmo viver uma fase de maior romantismo, e permitirem-se conhecer novas pessoas e envolverem-se de forma mais íntima. Abrir ao novo, libertar padrões velhos será o desafio nas relações afetivas.

 

Na saúde, será exigente devido as mudanças e tensões que poderá vivenciar ao longo do ano. Procure quebrar hábitos alimentares, pratique exercício físico, caso seja possível, e procure reforçar o seu organismo. Não se descuide e procure fazer exames e consultar o médico de forma a prevenir sintomas ou alguma patologia. Prevenir, ajustar será a melhor forma de manter a sua vitalidade e energia.

 

Veja as previsões para os outros signos na categoria Alternativas.

Artigo anterior

Manual para as boas compras de Natal

Próximo artigo

Deficiência de vitamina D pode causar problemas cardiovasculares