Home»LAZER»DICAS & VIAGENS»O que é que a Comporta tem?

O que é que a Comporta tem?

Areais, mar e tranquilidade a perder de vista!... Já é suficiente, mas é ainda mais do que isto. Esta pacata aldeia alentejana tem muito para oferecer. Não é por isso de admirar que encha as páginas de publicações de turismo nacionais e internacionais. Mais ainda em tempos de distanciamento, ou não estivesse integrada na maior linha de praias portuguesas – 42 km entre Troia e Melides.

Pinterest Google+

Metemo-nos no carro e dirigimo-nos à Comporta pela A2.  A uma certa altura viramos para Tróia e percorremos a Estrada Nacional N253 desde Alcácer do Sal. Fomos ‘dar a volta’, como se diz por aqui, em vez de atravessarmos o rio Sado entre Setúbal e Tróia. São 26 km de estrada com pinhal de ambos os lados e com vista para o rio Sado e por vastos campos de arrozais. Estamos e plena Reserva Natural do Estuário do Sado e já se nota a ainda pouca intervenção do homem na região.

 

Também podemos chegar à Comporta atravessando o ferryboat no Sado. Por esta via também é brindado pela natureza. Em direção a Tróia, fica-se com a Serra da Arrábida à direita e os golfinhos por companhia no rio. Depois, de Tróia à Comporta, são cerca de 15 km.

 

A Comporta é uma pequena e pacata aldeia alentejana do concelho de Grândola, mas é cada vez mais o centro de interesse de elites nacionais e internacionais que a procuram para uns dias plenos de relaxamento.  São cada vez mais os ricos que querem trocar a azáfama da vida luxuosa pelo chinelo no pé e a descontração da vida na praia. E com as elites a premiarem o local, o turismo tem crescido a olhos vistos, sobretudo no verão (este ano não conta). Já no inverno a pacatez volta a esta terra.

 

VEJA TAMBÉM: SESIMBRA, UM PARAÍSO PLANTADO ENTRE A SERRA E O MAR

 

O conhecido designer de sapatos Christian Louboutin tem casa na região há anos, a cantora Madonna gosta de passear a cavalo pelos vastos areais – entre Troia e Melides há 42km de praias -, o designer francês Philippe Starck tem casa entre o Pego e o Carvalhal e gosta de se passear de bicicleta. E quem conhece a zona desde sempre percebe porquê. É um verdadeiro paraíso à beira mar plantado e ainda pouco intervencionado.

 

Com todo este charme, a revista ‘Forbes’ já apontou a Comporta como o novo grande destino de praia que pode assumir o papel que os Hamptons tiveram nos anos 70: o local para onde os muito, muito ricos vão passar uns dias como se não tivessem dinheiro nenhum, onde os sapatos Louboutin são substituídos pelos chinelos, apesar de Louboutin ter lá casa, como já dissemos.

 

Mas o que é que a Comporta tem, afinal? Belíssimas praias, excelente gastronomia, oferta de luxo a nível turístico e um contacto com uma ruralidade que pouco se encontra em zonas tão turisticamente apetecíveis. Aliás, temos de referir, a ‘Comporta’ não engloba apenas esta aldeia, mas várias pequenas localidades circundantes que oferecem o que de melhor têm: Carrasqueira, Carvalhal, Torre, Pego… a oferta é dispersa.

 

VEJA TAMBÉM: ÉVORA: UMA VIAGEM PELA HISTÓRIA DA HUMANIDADE

 

Quando fazemos este percurso de entrada por sul, cerca de 2 km antes, encontra-se precisamente a Carrasqueira, um local de encontro com as vivências e tradições desta região tão bem posicionada. Aqui, uma povoação pesqueira tem o maior cais palafítico da Península Ibérica, sendo uma das maiores atrações da região. Este porto, construído nas décadas de 50 e 60 do século XX, é considerado uma obra prima, já que assenta em aparentemente frágeis estacas de madeira.

 

O porto palafita é o suporte da faina do mar destas gentes e apresenta uma precária e labiríntica rede de passadiços enterrada no lodo do sapal que se liga ao rio Sado. As embarcações ora baloiçam na água com a maré cheia, ora assentam no lodo quando a maré está baixa. Tente visitá-lo por altura da maré baixa. É muito interessante ver os barcos todos no lamaçal e os inúmeros animais – sobretudo caranguejos – que vivem neste sapal numa verdadeira azáfama.

 

Continua na próxima página…

Artigo anterior

Agosto de 2020: o que a numerologia dita para este mês

Próximo artigo

Tomate Coração de Boi volta a ser estrela nos restaurantes do Douro em agosto