Home»BEM-ESTAR»NUTRIÇÃO»O que comer no pós-treino

O que comer no pós-treino

Estas são algumas dicas do que é indicado que coma depois de um treino de atividade física, pois é essencial que coma corretamente de modo a que o seu corpo consiga recuperar do desgaste físico. As recomendações são da autoria de Cynthia Sass, uma nutricionista americana especializada em nutrição na área do desporto.

Pinterest Google+
PUB

Depois do treino, coma dentro de 30 a 60 minutos. No caso de ser um treino mais puxado, não espere muito tempo para comer, pois o exercício coloca pressão sobre os músculos, articulações e ossos e o corpo faz uso dos nutrientes que ainda restam no organismo durante os treinos. «Na verdade, é a recuperação do exercício que realmente permite ver os resultados em termos de construção de força, resistência e tecido muscular. Não recuperar adequadamente pode deixá-lo mais fraco e correr o risco de lesão no próximo treino», disse a nutricionista Cynthia Sass ao site ‘Health’.

 

Além, disso, não se foque só no consumo de proteína. É importante para a construção do músculo, mas não é tudo. Uma refeição, para uma recuperação ideal, também deve incluir uma boa fonte de gordura, assim como produtos ricos em nutrientes e uma fonte saudável de amido como quinoa, batata-doce ou feijão.

 

VEJA TAMBÉM: OS DEZ MELHORES ALIMENTOS PARA GANHAR MÚSCULO E PERDER GORDURA

 

Sugestão de refeição pós-treino

Assim, para uma boa refeição pós-treino, a nutricionista sugere um batido com pó de proteína de ervilha, fruta, verduras, óleo de coco e aveia ou uma omelete feita com um ovo inteiro e três claras acompanhada com legumes, abacate e feijão preto. «Os nutrientes dos alimentos que come são a base da função de estrutura e integridade de cada uma das suas células. O corpo está em contínua reparação, cura e reconstrução e a saúde das novas células depende daquilo que come.» Evite alimentos altamente processados, prefira alimentos integrais e ricos em nutrientes.

 

 

Falemos agora de calorias. Se quer perder peso, não sobrestime as calorias que queimou durante o treino. Evite cometer excessos ou ceder a desejos do momento, é outra das recomendações.

 

Se tiver o hábito de fazer treinos difíceis e longos, opte por uma bebida desportiva em vez de água pura durante o exercício. Estas bebidas hidratam e ajudam a repor os eletrólitos perdidos com o suor. No caso de fazer treinos mais leves, opte por água. «A regra é beber dois copos de líquidos duas horas antes do treino, mais dois copos 15 minutos antes e meio copo de água a cada 15 minutos durante o exercício», recomenda Cynthia Sass.

 

Por fim, nada de fundamentalismos. É normal que goste de beber uma cerveja ou um copo de vinho de vez em quando e não há nada de errado com isso, mas certifique-se de que comeu bem antes de ingerir álcool. O excesso de álcool pode acelerar a perda de músculo e interferir com a reposição de glicogénio, o que se pode traduzir numa falta de energia ou resistência no próximo treino.

 

VEJA TAMBÉM:

COMPOSIÇÃO CORPORAL: AFINAL ESTOU A PERDER PESO OU NÃO?

COMO USAR A TECNOLOGIA PARA VOLTAR À BOA FORMA

CINCO MINUTOS DE TABATA: BURPEE E JOELHOS ALTOS

 

Artigo anterior

Potencie as várias áreas da sua vida com a energia do Feng Shui

Próximo artigo

Internet: como ajudar os jovens a compreenderem os riscos