Home»FOTOS»O que comer neste novo ano chinês?

O que comer neste novo ano chinês?

O primeiro dia do ano do calendário chinês assinala-se, este ano, a 5 de fevereiro. É o Ano do Porco. Para o celebrar, o «recanto mais oriental de Lisboa», o Soão – Taberna Asiática, traz a Lisboa os sabores, os aromas e as texturas do Oriente.

Pinterest Google+

O calendário chinês é lunissolar, o que significa que se rege tanto pelas fases da lua como pela posição do sol. Por isso, o ano começa na noite da lua nova mais próxima do dia em que o sol passa pelo décimo quinto grau de Aquário. Ou seja, de 5 a 28 de fevereiro não faltam motivos para festejar.

 

Para dar as boas-vindas ao Ano do Porco, o chef Luís Cardoso e o barman Vasco Martins, do restaurante Soão – Taberna Asiática, prepararam um prato e um cocktail que para celebrar esta passagem de ano com gosto. Veja imagens na galeria acima.

 

VEJA TAMBÉM: 2019 É O ANO DO PORCO. CONHEÇA O SEU HORÓSCOPO CHINÊS

 

Luís Cardoso homenageia o porco com o Char-Siu, umas espetadas marinadas numa mistura doce que vamos desvendando à medida que saboreamos, feitas no forno, com legumes asiáticos salteados no wok e uma taça de arroz de jasmim. Para que a tradição seja seguida à regra, haverá também os Jiaozi, os dim sum típicos e habitualmente consumidos no ano novo chinês. O 2 em 1 do Ano do Porco pode ser provado ao almoço ou ao jantar e tem o valor de 25€.

 

‘Se é para celebrar, que seja com cocktails’ não é uma máxima oriental, mas adequa-se a todas as ocasiões que importa marcar no calendário. Vasco Martins sabe-o bem, por isso criou o ‘In Pig We Trust’ (10,5€): infusionou o destilado chinês Baijiu com bacon, e adicionou-lhe xarope de Pu Ehr (um chá tradicional chinês), sumo de limão e leite de arroz. Como é que se diz brinde em chinês, mesmo?

 

 

Artigo anterior

Utilizadores com dificuldade em gerir muitas senhas online

Próximo artigo

UNICEF apela a ação concertada para prevenir assédio moral e intimidação que afetam mais de 70% dos jovens em todo o mundo