Home»ATUALIDADE»ESPECIALISTAS»O poder do olfato na promoção da saúde

O poder do olfato na promoção da saúde

O olfato e a memória são processados no mesmo local do cérebro, motivo pelo qual estão bastante interligados. Podemos, por isso, utilizar os aromas para alterar estados de saúde e bem-estar, uma vez que estes têm a capacidade alterar o nosso estado emocional.

Pinterest Google+

Os aromas e a capacidade olfativa estão presentes nas nossas vidas desde a antiguidade e grande parte das nossas vivências que ficam na memória estão relacionadas com o cheiro. Quem não se recorda do cheiro das gavetas da avó, ou do baú que tinha em casa quando criança? Os garrotes de borracha fazem-me lembrar o cheiro das bonecas barriguitas de quando era criança, e é tão bom!  Os aromas fazem-nos viajar no tempo e nas recordações. E a capacidade olfativa é também protetora, na medida em que pode servir para alertar para perigos como o cheiro a fumo ou a gás.

 

O mecanismo neural responsável pelo olfato é realizado por uma cadeia de neurónios localizados na parte superior do nariz. A estrutura da mucosa nasal é simples: consiste numa única camada celular composta principalmente por neurónios recetores olfatórios (células olfatórias) e células de suporte. Também existem glândulas produtoras de muco conhecidas como glândulas de Bowman. A porção das células olfatórias que responde ao estímulo químico olfatório é o cílio olfatório. O primeiro passo para a transdução dos estímulos olfatórios ocorre quando os odores que entram no nariz com o ar inspirado são dissolvidos no muco.

 

VEJA TAMBÉM: REMÉDIOS NATURAIS PARA MULHERES

 

O olfato é processado no sistema nervoso central, mais propriamente sistema límbico profundo. O cheiro ativa os nervos olfativos que vão diretamente ao sistema límbico, dito sistema emocional. O olfato e a memória são processados no mesmo local do cérebro, motivo pelo qual estão bastante interligados. Os aromas agradáveis à perceção humana são como anti-inflamatórios e têm a capacidade de acalmar e relaxar, já pelo contrário, os cheiros intensos e agressivos têm o efeito contrário.

 

Muitos mamíferos têm, claramente, um olfato melhor do que o nosso. Considere que o nosso epitélio olfativo, a parte amarelada da mucosa localizada a sete centímetros das nossas narinas, tem cerca de 20 milhões de recetores de aromas feitos para detetarem moléculas de odor que chegam pelas nossas narinas ou pelo fundo das nossas bocas. As membranas nasais de um cão de caça, por contraste, podem ter 220 milhões de recetores.  No entanto, os humanos podem desenvolver um melhor olfato com facilidade.

 

Existe quem indique que o poder do olfato pode funcionar quase como uma máquina mágica do tempo, com potencial para o tratamento da demência e da depressão.  O importante a reter é que podemos utilizar os aromas para alterar estados de saúde e bem-estar uma vez que estes têm a capacidade alterar o nosso estado emocional.

 

VEJA TAMBÉM: ERVAS E ESPECIARIAS QUE BENEFICIAM A SAÚDE

 

A aromaterapia é uma terapia natural que utiliza o aroma e as partículas libertadas por diferentes óleos essenciais para estimular o sistema nervoso central e aliviar determinados sintomas, tais como ansiedade, insónia, depressão, asma, cefaleias, entre outros. Apesar de serem usados produtos naturais, é importante que a aromaterapia seja orientada por um naturopata ou outro profissional especializado, para saber qual o melhor óleo essencial a utilizar em cada caso.

 

No entanto, no sentido mais prático, utilizo muito o poder dos aromas para reduzir a ansiedade e aumentar o nível de bem-estar. Por exemplo, quando quero aumentar os meus níveis de energia e bem-estar tomo um banho bem quentinho e aplico um champô cheiroso, o de coco faz-me lembrar as férias e os bronzeadores. No serviço, se estou mais ansiosa, aplico um creme de mãos com cheiro a maça e canela e faço conchinha no nariz, faz-me maravilhas! Se quero sentir-me mais sensual, aplico um óleo de corpo detox que me foi oferecido. Simples assim, a vida não tem de ser complicada! Fique bem, fique com mais saúde e energia positiva.

 

Artigo anterior

Sabe escolher o azeite certo? Tire o maior partido dos seus cozinhados

Próximo artigo

Salão Erótico do Porto 2019 com todos os espetáculos gratuitos e mais educação sexual