Home»BEM-ESTAR»NUTRIÇÃO»O pH da água e a sua relevância para a saúde

O pH da água e a sua relevância para a saúde

O pH da água desempenha um papel crucial na saúde humana, influenciando diversos processos fisiológicos e metabólicos.

Pinterest Google+
PUB

O pH é uma medida que indica o grau de acidez ou alcalinidade de uma substância, variando de 0 a 14. Um pH abaixo de 7 indica acidez, enquanto um pH acima de 7 indica alcalinidade. Um pH de 7 é considerado neutro.

 

Águas com pH abaixo de 7 são consideradas ácidas, enquanto aquelas com pH acima de 7 são alcalinas. Águas naturais podem variar significativamente no seu pH devido a fatores como a geologia local, presença de minerais e influências ambientais.

 

O pH da água desempenha um papel significativo na saúde humana, e escolher a água certa pode ter impactos positivos em várias condições de saúde. No entanto, é importante ressaltar que essas recomendações são gerais e podem variar de acordo com as necessidades individuais de cada pessoa. Consulte um profissional de saúde para orientações personalizadas sobre a ingestão de água e a relação com a sua saúde específica.

 

VEJA TAMBÉM: SABE A DIFERENÇA ENTRE ÁGUA AZUL, VERDE E CINZENTA?

 

De salientar também que o corpo humano possui sistemas complexos de regulação do pH. Esses mecanismos são responsáveis por manter o pH sanguíneo dentro de uma faixa estreita, geralmente entre 7,35 e 7,45, que é essencial para o funcionamento adequado das células e dos órgãos.

 

No entanto, embora o corpo tenha a capacidade de regular seu próprio pH interno, isso não significa que o pH da água que ingerimos não tenha impacto. A ingestão de água com pH extremamente ácido ou alcalino pode desafiar os sistemas de regulação do corpo, exigindo um esforço extra para manter o equilíbrio ácido-base.

 

Além disso, embora o corpo possa compensar variações de curto prazo no pH da água que ingerimos, a ingestão prolongada de água com pH fora da faixa normal pode ter efeitos negativos, especialmente se essa água contribuir para um desequilíbrio crónico do pH corporal.

 

Portanto, apesar de o corpo é capaz de regular seu próprio pH, é importante considerar a qualidade e o pH da água que consumimos para apoiar os processos naturais de regulação do corpo e promover a saúde geral.

 

Ph e saúde

Para a maioria das pessoas saudáveis, uma água com pH neutro, em torno de 7, é o ideal. Isso ajuda a manter o equilíbrio do corpo e a hidratação adequada sem sobrecarregar o sistema digestivo ou prejudicar a absorção de nutrientes.

 

Acidez estomacal

Pessoas com problemas de acidez estomacal podem beneficiar de águas com um pH mais elevado, entre 7 e 8, pois isso pode ajudar a neutralizar o excesso de ácido no estômago, reduzindo os sintomas de azia e indigestão.

 

Prevenção da osteoporose

Para a saúde óssea, é recomendável consumir águas com um pH mais alcalino, entre 8 e 9. Essas águas podem ajudar a neutralizar a acidez excessiva no corpo, que está associada à perda de cálcio dos ossos.

 

Hidratação e recuperação muscular

Atletas e pessoas que se exercitam regularmente podem beneficiar de águas com pH ligeiramente alcalino, em torno de 8, para manter o equilíbrio eletrolítico, reduzir a fadiga muscular e promover uma recuperação mais rápida após o exercício.

 

Prevenção de pedras nos rins

Para prevenir a formação de pedras nos rins, é recomendável consumir águas com pH mais elevado, entre 7 e 8. Essas águas podem ajudar a manter o pH da urina dentro de níveis saudáveis e reduzir o risco de cristalização de minerais nos rins.

 

Controle da pressão arterial

Águas com pH ligeiramente alcalino, à volta de 8, podem ajudar a manter a saúde cardiovascular, contribuindo para o equilíbrio dos eletrólitos e a regulação da pressão arterial.

Características nutricionais

Além do pH, é importante considerar as características nutricionais da água que consumimos. Águas ricas em minerais essenciais, como cálcio, magnésio e potássio, podem oferecer benefícios adicionais à saúde.

 

Cálcio: Importante para a saúde dos ossos e dentes, além de desempenhar um papel vital na função muscular e nervosa.

 

Magnésio: Essencial para mais de 300 reações enzimáticas no corpo, contribuindo para a saúde cardiovascular, função muscular e nervosa, e regulação da glicose no sangue.

 

Potássio: Crucial para a saúde cardiovascular, função muscular e nervosa, equilíbrio hídrico e função renal.

 

Portanto, ao escolher a água que consumimos, é importante considerar não apenas o seu pH, mas também as características nutricionais que ela oferece. Optar por águas com um pH equilibrado e ricas em minerais essenciais pode promover uma melhor saúde e bem-estar geral.

 

 

 

Artigo anterior

Cuidados a ter com o cabelo na primavera

Próximo artigo

Quivi: porque deve comer um todos os dias na primavera