Home»ATUALIDADE»EDITORIAL»O novo recomeço

O novo recomeço

Temos dois momentos no ano em que paramos e arrancamos: no início do novo ano e no regresso ao trabalho, depois de umas longas e descansadas férias. De resto, é o lufa, lufa diário, semanal, mensal que não nos dá margem para pensar.

Pinterest Google+

É agora que sentimos o segundo impulso para mudar alguma coisa na vida. Seja a nível pessoal, seja no trabalho. Não encarem o regresso ao trabalho como uma chatice. Passamos lá a maior parte da nossa vida, há que o fazer com um sorriso nos lábios e com alegria. Sempre pensei assim, mesmo em alturas menos estimulantes. Daí, se alguma coisa lhe põe um sorriso triste nos lábios, então mexa-se e mude. Aproveite a energia da rentrée. Depois das férias, de certeza que recarregou baterias para ter as rédeas da sua vida.

 

Setembro traz também o regresso das crianças às aulas. Aquele que é um momento de alegria para os mais pequenos, exige planeamento por parte dos pais. Reveja aqui se tem tudo tratado, com as dicas da Direção-Geral do Consumidor. Aproveite ainda para fazer umas mudanças na gestão familiar. Ponha os miúdos a ajudar. ‘É de pequenino que se torce o pepino’ e queremos que se formem jovens e adultos responsáveis. Tudo começa em casa. O pediatra Hugo Rodrigues ajuda-nos com algumas sugestões de tarefas domésticas indicadas para cada idade. Ponha-as em prática.

 

E contas? Também pode aproveitar a energia extra para fazer uns ajustes, até porque novo ano letivo traz mudanças no orçamento familiar. Reveja estas dicas para uma melhor gestão financeira lá de casa. Por vezes, ficam esquecidas na gaveta e convém dar uma lembrada.

 

No trabalho, veja como dar cartas no próximo período laboral. O neurocientista americano Daniel J. Levitin explica no seu livro “A Mente Organizada: Pensar na Era do Excesso de Informação” como manter a calma perante muito trabalho. E indica alguns hábitos das pessoas organizadas a ter em conta.  Reveja também o seu posicionamento no seu local de trabalho. Algumas palavras trazem emoções negativas ou transmitem uma ideia errada de si aos outros.

 

Muito bem, muita coisa a fazer. Mas setembro é mês de tempo quente e, para muitos, o melhor mês de praia. Não deixe, por isso, os bons momentos de parte, fazendo um corte entre os dois períodos. Mantenha o espírito de férias enquanto trabalha. Há pequenos truques que ajudam a prolongar esta sensação. Siga as dicas que lhe damos.  Mas, mesmo assim, se não resultar, veja se não está a sofrer de stress pós-férias. Sim, ele existe. Mas nós deixamos-lhe 12 dicas para atravessar esta fase de forma suave… e sem stress. No fundo, há que viver com alegria.

 

De resto, respire fundo, alimente-se bem, mexa-se e bom regresso!

Artigo anterior

Resoluções de sexo: mude hoje a sua vida íntima

Próximo artigo

Cuidados com os pés no verão: recomendações da Associação Portuguesa de Podologia