Home»LAZER»DICAS & VIAGENS»O leão Cecil ganha forma de peluche

O leão Cecil ganha forma de peluche

A empresa de brinquedos Ty Inc. anunciou que está a produzir o peluche Cecil, O Leão, para homenagear o leão morto no mês passado, por um turista americano, no Zimbabwe. O valor das vendas será doado à WildCRU, a Unidade de Conservação da Vida Animal da Universidade de Oxford, que vinha a seguir Cecil desde 2008.

Pinterest Google+
PUB

Esta segunda feira, a empresa de produção de brinquedos americana Ty Inc. anunciou que está a preparar o lançamento de um peluche Cecil, O Leão, em memória do leão que, estando ao abrigo de uma reserva de animais no Zimbabwe, foi morto numa viagem de caça por um turista americano, o dentista Walter Palmer, no passado dia 2 de julho.

A história de Cecil, que era um dos mais velhos e queridos leões da reserva, comoveu o mundo e levantou uma onda de indignação contra o turismo de caça.

Como tal, a Ty Inc. pretende homenagear a memória do animal com a criação do peluche, que vai integrar a coleção “Beanie Babies”, uma linha de peluches que começou a ser produzida pela empresa em 1993.

Ty Warner, fundador e presidente da Ty Inc., explicou que a totalidade do valor das vendas do brinquedo será doada à WildCRU, a Unidade de Conservação da Vida Animal da Universidade de Oxford, no Reino Unido, a organização que vinha a seguir Cecil desde 2008.

«Esperemos que este peluche especial relembre as pessoas da importância da conservação animal e que proporcione algum conforto pela perda de Cecil», disse Ty Warner.

A Ty Warner é a maior empresa fabricante de peluches no mundo, e o seu fundador, um antigo ator que virou um empresário de sucesso, é conhecido pela sua generosidade e filantropia.

Por Joana de Sousa Costa

Artigo anterior

Os novos básicos de luxo portugueses

Próximo artigo

Café cria ioga com gatos