Home»VIDA»ALTERNATIVAS»O lado espiritual da fertilidade segundo a Ayurveda

O lado espiritual da fertilidade segundo a Ayurveda

A conceção feliz resulta de uma preparação psico-emocional e espiritual dos pais, originando numa fertilidade estável, viva e ativa em termos físicos. Tal como preparamos a casa e todas as condições socioeconómicas para recebermos uma criança, essa preparação precisa de ser feita de forma subtil nos nossos diferentes corpos e dimensões.

Pinterest Google+

Um processo de preconceção equilibrado tem habitualmente várias etapas, e à medida que os quatros elementos essenciais à fertilidade estão cumpridos, e a saúde melhora, eles enriquecem a fertilidade que começa naturalmente a florescer.

 

A consulta com um médico ou terapeuta ayurvédico é aconselhada de forma a serem detetados desequilíbrios e desafios subtis que necessitem de ser corrigidos durante o período de preconceção. A primeira etapa engloba um período de limpeza, que pode tomar cerca de três meses, e a segunda etapa envolve o rejuvenescimento, por cerca de mais três meses.

 

VEJA TAMBÉM: AYURVEDA E A CONCEÇÃO: O LADO ESPIRITUAL DA FERTILIDADE

 

Limpeza e preparação do corpo

Antes de qualquer crescimento ou progresso, e tal como as limpezas de Primavera, antes de nidificarmos precisamos de desobstruir o corpo, a mente e o espírito, colocar o novo a fluir, e oferecermos aos nossos corpos como um todo, a mais elevada higiene e vibração para recebermos uma nova alma. Todas as toxinas físicas, e também as emocionais, como a raiva, tristeza, medos, mágoas e culpas impactam profundamente tudo o que é transmitido ao feto durante o período de gestação. Em Ayurveda o foco é equilibrar a constituição de ambos os pais, de modo a que todos nutrientes e cuidados possam posteriormente fluir e alimentar a criança.

 

Limpeza Emocional

Durante este período é importante limpar e resolver qualquer dano ou ressentimento do passado, seja com os seus pais – na sua função arquetípica – seja no casal, com o parceiro. O foco será eliminar hábitos e crenças disfuncionais e limitadoras de uma forma consciente, de forma a que a criança possa crescer num ambiente mais saudável, estável e integrado. Durante este período é natural que surjam muitas memórias tóxicas à tona para serem libertas, e eventualmente resignificadas. Para as mulheres, o útero é um centro emocional muito forte. Algumas ferramentas para esse processo incluem o seguinte:

 

Limpeza de emoções | Todas as moléculas de água do corpo são reservatórias de memórias passadas – eventualmente tóxicas -, que podem ter um impacto menos positivo na postura perante a Vida. A libertação e limpeza desses reservatórios tóxicos fomenta a coragem para sair da zona de conforto, possibilitando a abertura para uma nova, pura e livre abordagem diante da jornada individual que cada um vem percorrer.

 

Aconselhamento relacional | O processo de limpeza pré-conceção precisa, por vezes, de suporte. Navegar pelas emoções pode ser avassalador, e ter uma terceira pessoa em compassividade e neutralidade, pode ajudar a trazer luz a uma dor profunda, ou simplesmente trazer uma perspetiva perspicaz e refrescante que resignifica uma dor já conhecida.

 

Reflexão e introspeção | Despender alguns minutos por dia refletindo sobre o relacionamento. Praticar a gratidão por tudo o que o parceiro oferecer, e praticar a arte de pedir desculpas genuínas por qualquer desatenção, sendo completamente vulnerável e transparente um com o outro. A sinceridade, a confiança e a compaixão irão naturalmente crescer no relacionamento com essa prática.

Artigo anterior

Os sorrisos não são todos iguais e têm diferentes impactos físicos

Próximo artigo

A sua disposição depende do que come e isso muda com a idade