Home»ATUALIDADE»ESPECIALISTAS»Intestino, o laboratório da felicidade

Intestino, o laboratório da felicidade

Cândida Albicans, uma trabalhadora gulosa e indesejada. Esta senhora levedura é uma parte normal da flora dos nossos intestinos e vive em nós de forma equilibrada enquanto estamos saudáveis.

Pinterest Google+

O problema começa quando o nosso corpo perde o equilíbrio homeostático (1) e as nossas bactérias sadias não são capazes de impedir que esta residente indesejada e pouco amigável se propague no intestino e no resto do corpo…E é assim que ela se torna um problema para a nossa saúde.

 

A Sra. Cândida Albicans é tão terrivelmente maléfica que nos atormenta desde que nascemos. Começa por se mostrar de forma dissimulada através dos sapinhos dos bebés e, mais tarde, como candidíase vaginal nas mulheres, mas também gosta de poluir os intestinos masculinos.

 

VEJA TAMBÉM: ALIMENTOS FERMENTADOS ALIADOS DA SAÚDE (SOBRETUDO DO INTESTINO)

 

O seu poder destrutivo é imenso e causa-nos distúrbios sérios em todo o organismo, sobretudo no equilíbrio da flora intestinal (2) e no cérebro.

 

E como uma bactéria que se preze, adora viver no escuro, com humidade e calor. Se soubermos alimentá-la com hidratos de carbono (açúcar) e seus sucedâneos (aspartame), ela ensina-nos o caminho da verdadeira doença, através das fermentações gasosas e da disbiose (3) intestinal.

 

VEJA TAMBÉM: SABIA QUE AS BACTÉRIAS DO INTESTINO PODEM INFLUENCIAR O SEU PESO?

 

Chega a interferir na nossa felicidade e na saúde em geral, porque, com todo o seu poder, a Cândida, causa-nos insónias, perda de apetite sexual, alergia a alimentos, ataques de ansiedade, mau hálito, gases e também dores abdominais.

 

Afeta-nos de várias formas, sobretudo se lhe dermos a comer excesso de proteínas, como as animais, pois ela transforma-as em amónia e corrói-nos o fígado e o sistema imunológico.

 

A Cândida Albicans é um fungo que está presente na maioria dos alimentos e só nos causa doença se as nossas defesas estiverem diminuídas.

Artigo anterior

Turismo gera 13,7 mil milhões de euros em Lisboa

Próximo artigo

As mais belas fotos de casamento do mundo