Home»VIDA»CARREIRA»O empoderamento feminino autêntico

O empoderamento feminino autêntico

Pinterest Google+

O poder é a capacidade de influenciar os outros de forma eficaz. As nossas crenças sobre nós próprios, sobre as outras pessoas e sobre a forma como o mundo funciona sustentam esse poder e alimentam o nosso sistema energético. A nossa energia transmite mensagens a quem está à nossa volta sobre quem somos.

 

É possível eliminar os bloqueios mentais que afetam o nosso poder autêntico. Para isso, devemos refletir sobre alguns pontos-chave:

  • A linguagem que aplicamos ao falar sobre nós próprias pode apresentar uma imagem negativa
  • Ficar à espera que reparem em nós não funciona
  • Ultrapassar o bloqueio da perfeição
  • A necessidade de gastar tanta energia a tentar que gostem de nós
  • Como exercer poder sem ser autoritária
  • Coisas positivas que podemos fazer para ativar o nosso poder autêntico

Para si, o que é a autenticidade? Qual é a sua maior dificuldade em encontrar o seu verdadeiro “eu” e a agir com base na sua autenticidade? “Com o termo autenticidade refiro-me a uma genuinidade e autoconsciência do nosso ser. A autenticidade é aquela presença de uma vivência individual na qual se tem consciência total no momento presente, na situação presente. A autenticidade é imediatamente compreendida em nós ou nos outros” (Bugental 1981: 102-3)

 

Reconhece-se a mulher autêntica através de 3 características.

  1. Tem um conhecimento abrangente de si mesma, das suas relações e do seu mundo em todas as dimensões (autoconsciência).
  2. Aceita o facto de que está constantemente no processo de fazer escolhas e mostra coragem e clareza na tomada de decisões.
  3. Assume responsabilidade pelas suas decisões e reconhece as suas consequências.

 

Quando permitirmos que o nosso coração e o nosso espírito sejam os nossos impulsionadores, e deixarmos de lado os papéis que assumimos e as expectativas dos outros sobre nós, encontraremos o nosso centro, a nossa essência, o nosso Ser – a nossa verdadeira identidade. A autenticidade não é algo que se vista – é necessário permitir que a nossa essência se revele.

Artigo anterior

11 filmes para ver na noite de Halloween

Próximo artigo

Cancro da próstata mata 1800 portugueses por ano