Home»FOTOS»O calor do verão atrapalha ou incentiva ao sexo?

O calor do verão atrapalha ou incentiva ao sexo?

Com a chegada do verão, aumentam o desejo e o apetite sexual, mas o calor pode ser um fator de perturbação na hora da intimidade. Conheça algumas dicas para tirar o maior proveito da temperatura de verão nos momentos a dois.

Pinterest Google+

O verão chegou e com ele o calor, as férias e a maior disponibilidade de tempo. É o momento ideal não só para se reaproximar do parceiro e estabelecer ou reformular novos vínculos afetivos, como também para dar asas à imaginação e aproveitar a época para inovar na relação.

 

Segundo Irina Marques, especialista em Sexologia Educacional e diretora da Flame Love Shop, «são vários os fatores que explicam o aumento do desejo sexual nesta época, nomeadamente o recurso a vestuário mais leve, com mais exposição da pele e do corpo, e a quebra na rotina diária, com maior tempo disponível para os parceiros e interação social».

 

VEJA TAMBÉM: SEXO: AS TARDES ESCALDANTES DE VERÃO SÃO AS MELHORES

 

O certo é que no verão, e sobretudo durante o período de férias, há mais química, mais energia e também mais pensamentos atrevidos. O calor estimula determinados neurotransmissores, como a serotonina e a endorfina, que são responsáveis pelo bem-estar e a felicidade.

 

Mas, se o desejo e o apetite sexual ficam mais evidentes nesta época, para muitos o calor excessivo constitui um fator de perturbação na hora da intimidade. Se este é o seu caso, não desespere.

 

Tal como explica a especialista, «existem formas de minimizar os efeitos do calor durante o sexo, que podem até ser uma forma agradável e divertida de trazer novidade à relação».  Conheça-as na galeria acima.

Artigo anterior

Cuidados com os pés no verão: recomendações da Associação Portuguesa de Podologia

Próximo artigo

Crianças portuguesas passam mais de hora e meia por dia em frente a ecrãs