Home»GLAMOUR»LUXOS»O bombom mais caro do mundo está em Óbidos

O bombom mais caro do mundo está em Óbidos

Tem filamentos de açafrão, trufa branca Périgord, óleo de trufa branca, baunilha de Madagáscar, flocos de ouro… e um ingrediente secreto. Custa mais de sete mil euros e é… português.

Pinterest Google+

A 17 e 18 de março, quem se deslocar a Óbidos tem oportunidade de ver o bombom mais caro do mundo, Glorious, no Festival Internacional de Chocolate. Produzido em Portugal pelas mãos do mestre chocolatier Daniel M. Gomes, é revestido a puro ouro de 23 quilates, e tem o valor de 7.728€.

 

No seu interior o chocolate Valrhona negro Equatorial, apenas com uma quantidade residual de açúcar para não comprometer a subtil delicadeza dos restantes ingredientes, faz parte de um bailado cremoso que compõe o recheio de luxo do Glorious: filamentos de açafrão, trufa branca Perigord, óleo de trufa branca, baunilha de Madagáscar, flocos de ouro… e um ingrediente secreto.

 

VEJA TAMBÉM: QUAIS OS MELHORES BOMBONS PARA OFERECER? A DECO TESTOU 15 MARCAS

 

Numa edição limitada de puro luxo, a embalagem é composta por uma base de madeira lacada a preto, com a gravação em ouro do número de série e uma campânula em cristal, revestida a cristais e pérolas Swarovski, finalizando com uma pega em fita de ouro.

 

O chocolatier Daniel M. Gomes, nascido no ano de 1983, sempre demonstrou um grande interesse pela arte do chocolate. Com os ingredientes, querer e paixão abriu, assim, a sua primeira fábrica, em 2013, na cidade de Leiria. Na Daniel’s Chocolate, pôde mostrar a sua arte e técnica a todos aqueles que a quisessem provar.

 

VEJA TAMBÉM: ENIGMAS, MISTÉRIO E CHOCOLATE: VOLTARAM OS ESCAPE DINNERS

 

Desafiando sempre os seus limites, decidiu ir mais além e reestruturar todo o funcionamento e branding da sua marca, que passou a ter como foco principal a personalização dos seus produtos num modo de fabrico em grande escala. A nova e vasta gama de tabletes coloridas com fruta liofilizada e os nossos produtos coloridos com sabores, recheios e texturas distintas coloca a Daniel’s Chocolate na vanguarda da inovação da chocolataria nacional.

 

Recorde-se que o festival estará aberto ao público, até 18 de março, de sexta-feira a domingo, na Cerca do Castelo, em Óbidos. O bilhete de entrada geral no evento é de 6,5 euros. Mais informações em festivalchocolate.cm-obidos.pt.

 

Artigo anterior

O seu bebé não dorme à noite? Ensine-o a dormir segundo recomendações pediátricas

Próximo artigo

Já conhece a nova cria de koala do Jardim Zoológico?