Home»ATUALIDADE»LANÇAMENTOS»Novos chocolates portugueses apostam na nutrição positiva

Novos chocolates portugueses apostam na nutrição positiva

Fábrica de chocolates Casa Grande investe meio milhão de euros em nova marca e novos produtos. Todos os produtos são indicados para celíacos e veganos, são fonte de fibra e contam com doses relevantes de proteína. A gama ‘Not Guilty, The Right Way’ já está disponível no mercado.

Pinterest Google+

A fábrica de chocolates Casa Grande, localizada em Famalicão, tem uma nova marca que alia o melhor do chocolate com os melhores frutos secos. Completamente disruptiva e alinhada com as novas tendências alimentares, a “Not Guilty, The Right Way” chega ao mercado nacional com a promessa de “fazer justiça ao chocolate”. Veja imagens na galeria acima.

 

A “Not Guilty, The Right Way” ambiciona ser uma referência no setor da nutrição positiva. «O chocolate é, provavelmente, o alimento mundial mais apreciado e que mais prazer causa, contudo, o sentimento de culpa chega logo após o consumo. Acreditamos que é possível consumir bons frutos secos e bom chocolate sem culpa e do modo correto», refere João Pinho Vítor, diretor de negócio da fábrica de chocolates.

 

VEJA TAMBÉM: CHOCOLATE NA DIETA? SIM, É POSSÍVEL!

 

A nova marca nasce de um investimento de cerca de meio milhão de euros em I&D, análises sensoriais e nutricionais, estudos de mercado e em marketing «para que a proposta de valor da marca fosse alinhada com o que consumidor moderno procura», destaca o responsável.

 

O portfólio de produtos, que integra manteigas de amendoim, amêndoa, cacau e caju, bites de chocolate negro com amendoim, amêndoa, cacau e caju, bombons em doypack, snacks de chocolate e tabletes, já está disponível nos lineares dos supermercados Jumbo, E´Leclerc, Continente e Apolónia. É ainda possível ser adquirida online em https://www.notguilty.land/.

 

VEJA TAMBÉM: VÍDEO: COMO FAZER TARTE DE CHOCOLATE VEGAN

 

Dentro em breve será ainda possível encontrar os produtos no Pingo Doce, Froiz, El Corte Inglês, Intermarché, Bolama, Makro e Recheio. A marca está ainda a fechar acordos com empresas de vending, postos de combustível e aeroportos. João Pinho Vítor adiantou ainda que as expetativas do volume de vendas da marca para o primeiro ano são de 1.2M.

 

Direcionada para um consumidor urbano e informado que se preocupa com os benefícios nutricionais dos produtos que consome, a “Not Guilty, The Right Way” assenta a sua filosofia de atuação em princípios de responsabilidade ambiental e social. Todos os produtos são produzidos sem recurso a corantes, conservantes, aromas, óleo de palma, óleos ou açucares refinados ou brancos. São indicados para celíacos e veganos, são fonte de fibra e contam com doses relevantes de proteína.

 

Artigo anterior

Ramen, Dim Sum e Sopa Wanton: a cozinha oriental em destaque na Academia Time Out

Próximo artigo

Fado, flamenco e cavalos: Tróia recebe festival equestre