Home»BEM-ESTAR»CORPO»Novo dispositivo monitoriza estado físico através do suor

Novo dispositivo monitoriza estado físico através do suor

Especialmente concebido para atletas, ajuda a decidir na hora se é necessário mais hidratação ou outro elemento que esteja em falta no organismo.

Pinterest Google+

Um grupo de investigação da ‘Northwestern University’, Estados Unidos, desenvolveu um dispositivo microfluídico suave e flexível que adere facilmente à pele e mede o suor do utilizador, permitindo mostrar como o corpo está a responder ao exercício físico.

 

O dispositivo simples e de baixo custo analisa biomarcadores chave que ajudam a pessoa a decidir rapidamente se precisa de algum tipo de ajuste como, por exemplo, beber mais água ou reabastecer eletrólitos ou ver se algo de errado se passa em termos médicos. Foi concebido para utilizar uma única vez durante algumas horas e é para ser colocado diretamente sobre a pele do antebraço ou da parte posterior.

 

Veja também: Que alimentos ou suplementos antes dos treinos?

 

«Permite novas capacidades de medição que não são possíveis com os tipos de almofadas absorventes e esponjas atualmente usadas na recolha de suor», elucida John A. Rogers, líder do grupo de investigação, num comunicado à imprensa. «O suor é um caldo rico e químico que contém uma série de compostos químicos importantes com informações de saúde fisiológicas. Ao expandirmos a nossa plataforma eletrónica ‘epidérmica’ (…) podemos realizar análises bioquímicas deste biofluido tão importantes», explicou.

 

A plataforma de análise de suor desenvolvida permite monitorizar a saúde no local sem a necessidade de uma amostra de sangue e, para além disso, os sistemas eletrónicos integrados não exigem uma bateria, pois pode ser feita uma conexão, através de um cabo, com um smartphone. Quando um telemóvel destes é colocado perto do dispositivo, o sistema electrónico sem fio dispara uma aplicação que tira uma fotografia do dispostitivo e analisa a imagem para produzir dados sobre as concentrações do biomarcador.

 

Veja também: Que tipo de corpo é o seu?

 

O estudo foi testado em dois grupos de diferentes atletas: ciclistas dentro de um ginásio em condições controladas e ciclistas a participar numa corrida de bicicleta de longa distância no deserto em condições complexas. Os investigadores colocaram o dispositivo nos braços e costas dos atletas para recolher o suor.

 

Os investigadores compararam a informação do biomercador dos ciclistas de ginásio, análises convencionais de laboratório e os resultados e foram encontrados dois tipos de resultado concordantes entre si no mesmo tipo de suor. Quanto aos ciclistas de longa distância, o  teste de durabilidade do dispositivo mostrou-se forte. O dispositivo aderiu à pele dos atletas e providenciou informação de qualidade verdadeira, apesar das condições climatéricas.

 

 

Artigo anterior

Jantar com o Pai Natal a bordo de um trenó já é possível

Próximo artigo

Projeto brasileiro denuncia exploração animal