Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Nasceram três crias de lince ibérico em Silves

Nasceram três crias de lince ibérico em Silves

Juromenha deu à luz três crias no dia 27 de fevereiro. Esta fêmea é primeira nascida no Centro Nacional de Reprodução de Lince Ibérico a parir dentro do programa de conservação desta espécie em Silves.

Pinterest Google+
PUB

No dia 27 de fevereiro às 13h19, Juromenha pariu três crias, fruto do seu emparelhamento com Juncabalejo, no Centro Nacional de Reprodução de Lince Ibérico (CNRLI), em Silves, informa o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF).

 

Juromenha, filha da Biznaga e do Drago, é a primeira fêmea nascida no CNRLI a parir dentro do Programa de Conservação Ex Situ do Lince Ibérico e um dos dois primeiros linces-ibéricos criados artificialmente com êxito pela equipa técnica do CNRLI.

 

VEJA TAMBÉM: COLOCADA VEDAÇÃO EM ESTRADA NA ZONA DE MÉRTOLA PARA PROTEÇÃO DO LINCE IBÉRICO

 

É o terceiro parto de Juromenha, de nove anos, que teve um total de cinco crias até este ano, fruto de duas gestações anteriores. Com estas três novas crias, Juromenha eleva o seu contributo para a conservação do lince-ibérico às oito crias. O parto decorreu de forma normal e Juromenha presta os cuidados adequados às suas novas crias, informa o ICNF.

 

Juncabalejo, também de nove anos, chegou ao CNRLI a 6 de novembro de 2020, tendo-se adaptado perfeitamente ao CRNLI e aos seus novos vizinhos e tratadores. Filho de Boj e Damán, nasceu no Centro de Cría de Lince Ibérico El Acebuche. Foi posteriormente movido para o Centro de Cría de Lince Ibérico Zarza de Granadilla onde foi emparelhado cinco vezes produzindo um total de 18 crias antes de 2021.

 

Juncabalejo chega assim aos nove anos às 21 crias de lince-ibérico produzidas no Programa.

 

 

 

Artigo anterior

Celulite: como lutar contra a diabólica casca de laranja

Próximo artigo

Mais sexo não garante uma relação mais feliz