Home»ATUALIDADE»ESPECIALISTAS»Não bebo água. E agora?

Não bebo água. E agora?

‘Não consigo beber 1,5L de água’, ‘Sou obstipada’, ‘Por muito que corra, não consigo ver-me livre desta casca de laranja’. Quer saber quais as queixas mais comuns em consulta de nutrição? Se calhar passa-se o mesmo consigo!

Pinterest Google+

Cada pessoa é um caso, mas em consultório existem muitas queixas que se repetem… como a tendência para a retenção de líquidos nas mulheres, a vontade de comer doces ao final do dia, a uma hora do lobo que não sabemos porque existe, a acumulação de gordura localizada que insiste em não deixar as ancas ou a zona abdominal, as más digestões, o inchaço… estes são apenas alguns exemplos.

 

E se não gostar de água? Como faço?

Uma das grandes queixas que tenho em consulta é o consumo insuficiente de água ao longo do dia. Porque não conseguem, porque se esquecem ou até mesmo porque não gostam.

 

Nunca se esqueça que devemos hidratar o nosso organismo diariamente, quer seja verão ou inverno. Este consumo deve ser fracionado ao longo do dia e, consoante a temperatura exterior, a temperatura corporal, a humidade e as perdas ao longo do dia, os 7-8 copos diários não devem ser esquecidos.

 

Se é daquelas pessoas que só se lembra que não bebeu a água suficiente ao longo do dia quando olha para a garrafa ainda quase cheia à hora de sair do emprego, então veja as dicas na galeria acima. Existem alguns truques que nos ajudam a lembrar desta regra tão básica, mas tão importante.

 

Artigo anterior

Comissão Europeia garante água potável mais segura para os europeus

Próximo artigo

Gostava de embarcar numa aventura de exploração marítima como nos documentários? Agora já pode