Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Museu da Farmácia reabre ao público no Dia Mundial da Criança

Museu da Farmácia reabre ao público no Dia Mundial da Criança

No Dia da Criança, a proposta é um Atelier de Higiene Oral destinado a crianças com mais de cinco anos. Os jovens cientistas são convidados a fabricar uma pasta de dentes que depois poderão levar para casa.

Pinterest Google+

O Museu da Farmácia, em Lisboa e no Porto, reabre ao público neste 1 de junho, Dia Mundial da Criança. Esta primeira semana vai ser marcada por uma série de iniciativas, que pretendem celebrar o regresso dos visitantes, após o período de isolamento social originado pela pandemia da Covid-19. O programa de atividades será composto por visitas guiadas e um ateliê educativo gratuito para as crianças.

 

PROGRAMA 

 

1 de Junho (2ª feira) | 15h00 – Atelier Higiene Oral (Lisboa/Porto)

No Dia da Criança, a proposta dos serviços educativos do Museu da Farmácia é um Atelier de Higiene Oral (gratuito), destinado a crianças com mais de cinco anos, que deverão ser acompanhadas por um adulto. Os jovens cientistas são convidados a fabricar uma pasta de dentes que depois poderão levar para casa.

 

2 de Junho (3ª feira) | 18h00 – 5000 anos de História da Saúde (Porto)

3 de Junho (4ª feira) | 18h00 – 5000 anos de História da Saúde (Lisboa)

Esta visita guiada propõe uma viagem que percorre milhares de anos, diferentes cantos do mundo e múltiplas civilizações. A história da saúde contada desde a Pré-História até ao século XXI, testemunhada por objetos tão distantes, no tempo como no espaço, reunidos num só lugar: o Museu da Farmácia.

 

4 de Junho (5ª feira) | 18h00 – Religião e Espiritualidade ao Serviço da Cura (Porto)

Visita guiada a diferentes religiões, crenças e espiritualidades. No Museu da Farmácia descobrimos de que forma estas diferentes convicções têm servido o Homem, ao longo da História, numa dinâmica de procura de uma cura ou proteção.

 

5 de Junho (6ª feira) | 18h00 – Doenças e Epidemias ao Longo dos Séculos (Lisboa)

Visita guiada às várias doenças e epidemias que se fizeram sentir ao longo da História da Humanidade, desde a Peste Negra à Varíola. Numa luta constante contra a doença, percorremos o caminho daqueles que procuraram fazer frente às diferentes epidemias que o mundo conheceu.

 

Artigo anterior

Leite: afinal é bom ou mau?

Próximo artigo

Crianças e higiene: 7 ideias para colocar em prática (uma em cada dia da semana)