Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Mulheres terão ordenados mais baixos nos próximos 118 anos

Mulheres terão ordenados mais baixos nos próximos 118 anos

As mulheres estão a receber salários com valores que o sexo masculino ganhava no ano 2006.

Pinterest Google+

Com base nas tendências atuais, homens e mulheres por todo o mundo não receberão salários iguais até 2133, segundo o Fórum Económico Mundial (FEM) divulga no relatório ‘Desigualdades de Género Mundiais’.

 

Atualmente, encontram-se quase mais 250 milhões de mulheres ingressadas no mundo do trabalho do que há dez anos, diz o relatório. As mulheres estão a receber salários com valores idênticos aos que os homens recebiam em 2006.

 

Enquanto muitos países se depararam com a entrada de mais mulheres na universidade – em alguns países, mais que homens – esta tendência não se tem necessariamente refletido no número de mulheres que ocupam lugares de liderança.

 

O relatório do FEM comparou o estatuto dos homens e mulheres em cada país, no que diz respeito à saúde, educação, participação na economia e poder político. Islândia, Noruega e Finlândia foram considerados os países com mais igualdade de género, numa ordem decrescente. No ranking, o pior país é o Iémen, seguido do Paquistão e depois da Síria.

 

«A menos que comecemos a mudar hábitos e a dividir tarefas domésticas, haverá sempre este fardo extra para as mulheres», disse o autor líder do relatório, Saadia Zahidi. Acrescenta ainda que «isto significa que não vamos ser capazes de manter esses níveis altos de mulheres que ingressam no mundo do trabalho e chegam a posições de gerência média ou altos cargos».

 

Artigo anterior

Vitória Guerra é a nova musa da Indústria Mais Sexy da Europa

Próximo artigo

Gwyneth Paltrow abre loja em Nova Iorque