Home»BEM-ESTAR»CORPO»Mulheres fisicamente ativas reduzem em 90 por cento risco de desenvolver demência

Mulheres fisicamente ativas reduzem em 90 por cento risco de desenvolver demência

Ao longo de 44 anos, 191 mulheres foram avaliadas para aferir da sua condição física e do seu grau de capacidade cognitiva. O estudo realizado na Suécia indica que processos cardiovasculares negativos que podem acontecer na meia idade poderão aumentar o risco de demência mais tarde na vida.

Pinterest Google+
PUB

As mulheres que praticam atividade física a meio da vida reduzem em 90 por cento o risco de desenvolver demência décadas depois, em comparação com as mulheres que estão moderadamente ativas nessa altura da vida, segundo um estudo realizado na Suécia e publicado ontem no jornal da Academia Americana de Neurologia.

 

Ainda assim, quando as mulheres que eram bastante ativas a meio da idade desenvolveram demência quando seniores, a doença surgiu em média 11 anos depois em relação às outras mulheres. «Estas descobertas são excitantes porque verificámos que melhorando a condição física cardiovascular das pessoas na meia-idade podemos atrasar ou mesmo impedir que elas desenvolvam demência», afirma Helena Hörder, autora do estudo e investigadora da Universidade de Gotemburgo, na Suécia.

 

VEJA TAMBÉM: DE VOLTA AO GINÁSIO: 10 ALIMENTOS PARA GANHAR MÚSCULO E PERDER GORDURA

 

Para o estudo, 191 mulheres com idade média de 50 anos fizeram um teste de exercício de bicicleta até ficarem esgotadas para medir a sua capacidade cardiovascular máxima. A carga média de trabalho foi medida em 103 watts. Um total de 40 mulheres preencheram os critérios de um elevado nível físico, com 120 watts ou superior. Um total de 92 mulheres estavam na categoria de fitness médio; e 59 mulheres estavam na categoria de baixa condição física, definida em 80 watts ou menos, ou por os testes de exercícios terem sido interrompidos por causa da pressão arterial elevada, dor toráxica ou outros problemas cardiovasculares.

 

Ao longo de 44 anos, as mulheres foram testadas p seis vezes para avaliar sinais de demência. Durante esse tempo, 44 delas desenvolveram demência. Cinco por cento das mulheres que estavam bastante em forma desenvolveram demência, em comparação com 25 por cento das mulheres moderadamente aptas e 32 por cento das mulheres com baixa aptidão física. As mulheres muito ativas fisicamente apresentaram 88% menos probabilidades de desenvolver demência do que as mulheres moderadamente aptas.

 

VEJA TAMBÉM: TREINO INTERVALADO E AULAS DE GRUPO: AS TENDÊNCIAS DE FITNESS PARA 20

 
Entre as mulheres que tiveram de parar os testes físicos devido a problemas, 45% desenvolveram demência décadas depois. «Isto indica que processos cardiovasculares negativos podem estar a acontecer na meia-idade, aumentando o risco de demência mais tarde na vida», disse Hörder.

 

Porém, apesar das fortes evidências, a investigação ressalva que foi feita uma associação positiva entre desporto e demência, mas não está estabelecida cientificamente que exista impreterivelmente uma situação de causa e efeito: «Mais pesquisas são necessárias para ver se a melhoria da aptidão física pode ter um efeito positivo sobre o risco de demência e também verificar quando, durante a vida, um elevado nível de aptidão física é o elemento mais importante».

 

VEJA TAMBÉM: AS VANTAGENS DO BOXE: RENDA-SE AO DESPORTO DAS ANGELS

 

As limitações do estudo incluem o número relativamente pequeno de mulheres envolvidas, todas de proveniência da Suécia, pelo que os resultados podem não ser aplicáveis a outras populações, disse Hörder.

 

O exercício faz bem à saúde, é um facto. No entanto, para muitas pessoas, ouvir dizer que a sua prática é saudável para o coração não é motivação suficiente para sair do sofá e exercitar os músculos. Conheça, na galeria no início do artigo, sete vantagens da prática do exercício que certamente lhe darão motivação extra para começar já hoje.

Artigo anterior

José Borralho: «O consumidor quer marcas que zelem pelos seus interesses»

Próximo artigo

Europass vai ser simplificado e vai surgir o e-portfolio