Home»GLAMOUR»MODA»Mulheres andam a barbear-se

Mulheres andam a barbear-se

Apesar de as mulheres fazerem a barba ser um hábito antigo no Japão, só agora a tendência de beleza chegou ao ocidente, com promessas de rejuvenescer e amaciar a pele

Pinterest Google+

A ideia pode parecer estranha mas, garante quem o faz, os resultados são fabulosos. Há centenas de anos que as mulheres japonesas retiram os pelos faciais, numa técnica com nome kao sori, e há quem diga que grandes ícones de beleza, como Elizabeth Taylor, Audrey Hepburn e Marilyn Monroe, também não deixavam os pelos passar impunes. Mesmo Cleópatra, rainha do Egipto e mãe de muitas mezinhas de beleza que ainda hoje utilizamos, era pouco adepta de pelo na cara.

No Ocidente contemporâneo, no entanto, o hábito é ainda novidade. É difícil saber exatamente onde e quando é que a técnica foi repescada mas o facto é que, atualmente, são muitas as vloggers de beleza que parecem completamente rendidas à remoção de pelo facial e que, sem vergonha, assumem que fazem a barba.

Uma das maiores defensoras da prática é Kate Somerville, que trata da beleza facial de estrelas de Hollywood como Jessica Alba. A especialista revelou que há mais de vinte anos que usa uma Gillete Mach3 na cara, uma vez por semana, e que não passa sem o efeito esfoliante da prática na sua pele, que fica macia e facilita a aplicação da maquilhagem.

A dermatologista Kerry Benjamin, que chama a prática pelo seu nome técnico: dermaplaning, que consiste na utilização de um objeto com lâmina para retirar os pelos à superfície da cara. A especialista lista os vários benefícios de o fazer regularmente, como a esfoliação da pele, a estimulação da produção de colagénio, permitir que os produtos como cremes penetrem mais profundamente na pele e a mais fácil aplicação de maquilhagem. Ainda, a nível estético, a pele fica mais bonita, suave e sem pelos. Por ser possível fazer a remoção dos pelos em casa, a técnica fica muito em conta.

Apesar da maior parte das adeptas estar de acordo quanto aos benefícios, os métodos são discutíveis. Enquanto Somerville usa uma conhecida lâmina masculina, a cosmetologista Michelle Money, conhecida do público americano pela sua participação no reality show “The Bachelor”, explica que esse é o maior erro que as mulheres podem cometer, num vídeo no YouTube.

O vídeo, que data de 2011, tem mais de 200 mil visualizações. De forma descontraída, Michelle diz que não tem vergonha de assumir que retira os pelos faciais e que, na sua opinião, todas as mulheres deveriam fazê-lo. Ainda, a atriz explica que, para o efeito, uma uma espécie de pequena navalha, especialmente destinada a mulheres, da marca Tinkle.

Para quem tem medo das consequências, nomeadamente que os pelos cresçam mais fortes ou escuros, a professora de dermatologia da Universidade de Nova Iorque Elizabeth K. Hale, explica em declarações ao “The New York Times”: “A ideia de que tirar pelos com lâmina os torna mais grossos e escuros é definitivamente um mito”. Deve apenas ter em atenção que, no caso de ter a pele muito sensível, esta pode sofrer de sensibilidade extrema, irritações cutâneas, queimaduras ou cortes.

Por Joana de Sousa Costa

Artigo anterior

Yoggi lança iogurte com sabor a mojito

Próximo artigo

AVON lança máscara à prova de água