Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Morrem 11 portugueses por dia com cancro do intestino

Morrem 11 portugueses por dia com cancro do intestino

Em março assinala-se o Mês Europeu da Luta Contra o Cancro do Intestino. Uma nova campanha de sensibilização para a doença promove o rastreio para a deteção precoce deste tipo de cancro. Atualmente, apenas três Estados-Membros têm em vigor um programa dirigido a todos os cidadãos entre os 50 e os 74 anos.

Pinterest Google+

Em Portugal, morrem 11 portugueses por dia vítimas de cancro do intestino. Já na União Europeia, anualmente 370 mil cidadãos recebem o diagnóstico de cancro do intestino, sendo que destes 170 mil acabam por morrer vítimas deste cancro. Os doentes que são detetados num estádio precoce (I) têm uma taxa de sobrevivência que ronda os 90%, comparativamente aos doentes que são diagnosticados num estádio mais avançado (IV) para os quais a taxa de sobrevivência é de apenas 10%.

 

Em março assinala-se o Mês Europeu da Luta Contra o Cancro do Intestino (EECAM) e a Digestive Cancers Europe, representada em Portugal pela Europacolon Portugal, lançou, no Parlamento Europeu, uma campanha de sensibilização para a doença onde é promovido o rastreio para a deteção precoce deste tipo de cancro.

 

VEJA TAMBÉM: ESTADO TERMINAL: COMO SE MANTÉM A ESPERANÇA NO FIM DA VIDA?

 

Segundo um White Paper divulgado em Bruxelas, apesar do compromisso em 2003, a nível europeu, de todos os ministros da saúde organizarem um programa de rastreio ao cancro do intestino dirigido a todos os cidadãos entre os 50 e os 74 anos (a população considerada como maior grupo de risco), apenas três Estados-Membros o colocaram em vigor (França, Irlanda e Eslovénia). O mesmo documento revela que na Holanda, Eslovénia e País Basco conseguiu-se um aumento da deteção precoce de 15% a 48% da população com mais de 55 anos.

 

Em Portugal todos os anos o cancro do intestino afeta mortalmente 11 pessoas por dia. A cada ano, surgem cerca de 7.500 novos casos e morrem mais de 4.000 pessoas, apresentando-se, atualmente, como a segunda causa de morte por cancro. A Europacolon alerta que «os números são preocupantes e são necessárias ações efetivas para os travar, sendo que existem mais de 80 mil doentes ativos e 50% da população desconhece os sintomas desta patologia», afirma Vítor Neves, presidente da Europacolon em Portugal.

 

VEJA TAMBÉM: ALIMENTOS FERMENTADOS ALIADOS DA SAÚDE (SOBRETUDO DO SEU INTESTINO)

 

Com o objetivo de alertar a população portuguesa para o risco da doença, a Europacolon lançou em Portugal uma campanha de sensibilização sob o mote «Cuidar de Si é Cuidar de Quem Ama e bastam 10 segundos». Este mote da campanha levada a cabo a nível internacional, intitulada por «MyBest10Seconds», tem como objetivo alertar para o tempo necessário para se salvar uma vida, através da deteção precoce pelo rastreio.

 

A campanha com várias iniciativas de sensibilização a decorrer por todo o país tem como objetivo chamar a atenção para o número de mortes diárias que existem em Portugal vítimas de cancro do intestino. É dirigida essencialmente a uma população entre os 50 e os 74 anos, considerada como o maior grupo de risco para este tipo de cancro.

 

VEJA TAMBÉM: ALIMENTOS QUE AJUDAM A BAIXAR O RISCO DE CANCRO

 

O cancro colorreral é um tumor maligno, invasivo, que tem origem nas células que formam a camada epitelial da parede do intestino grosso e é considerado um dos tipos de cancro mais comum nos homens. O cancro que tem início no cólon, chama-se cancro do cólon e o cancro que tem início no reto, chama-se cancro rectal. O cancro que afete qualquer um destes órgãos pode, também, ser chamado de cancro colo-rectal

 

A Europacolon Portugal – Apoio ao Doente com Cancro Digestivo é uma Instituição Particular de Solidariedade Social que faz parte da organização Digestive Cancer Europe. Foi criada em 2006, no Porto, com a função primordial de contribuir para a diminuição do número de mortes por Cancro do Intestino e dar apoio aos doentes e familiares, melhorando a sua qualidade de vida.

Artigo anterior

5 locais e 5 pratos brasileiros que deve conhecer

Próximo artigo

Porque aumenta o sexo com a chegada da primavera?