Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Montemor-o-Velho desenvolve projeto de Birdwatching

Montemor-o-Velho desenvolve projeto de Birdwatching

O projeto vai contemplar a reabilitação dos observatórios já existentes, bem como a construção de um novo e a definição de um percurso em passadiço e terra batida. Algumas das centenas de espécies de aves que se podem observar no Paul do Taipal estão classificadas ou ameaçadas.

Pinterest Google+
PUB

O património natural do concelho de Montemor-o-Velho prepara-se para ganhar novos voos e ficar mais acessível a todos. O projeto “Birdwatching no Paul do Taipal” vai criar condições para observação de centenas de espécies, sobretudo aves, no seu habitat natural, informa o município em comunicado.

 

A intervenção, a realizar pelo Município de Montemor-o-Velho, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, I.P., visa a conservação, proteção, promoção e o desenvolvimento do património natural e cultural existente em Montemor-o-Velho e, em particular, do Paul do Taipal.

 

Reabilitação e desenvolvimento

O projeto vai contemplar a reabilitação dos observatórios já existentes, mas também a construção de um novo, sendo ainda complementados pela definição de um percurso, composto uma parte em passadiço e outra por caminhos em terra batida, por forma a permitir, por um lado, a visitação de todo o paul, mas, por outro, a menor intrusão naquele espaço.

 

A intervenção, cuja conclusão está prevista para o primeiro trimestre do próximo ano, contempla, igualmente, a colocação de equipamentos de apoio, tais como papeleiras, mesas, estacionamento para bicicletas, bebedouros, bem como sinalética, uma mesa interpretativa e a produção de material promocional.

 

VEJA TAMBÉM: DESCUBRA AS AVES QUE VIVEM EM FARO E NA CULATRA

 

Com o intuito de provocar o menor impacto possível junto da avifauna existente, a obra vai ser realizada fora do período de nidificação, informa a comunicação.

 

A implementação do projeto “Birdwatching no Paul do Taipal” representa um investimento municipal superior a 180 mil euros, sendo cofinanciado pelo Programa Operacional Regional do Centro, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

 

Recorda-se que o Paul do Taipal é um dos mais interessantes destinos europeus para a observação de um extenso elenco de espécies de fauna e flora protegidas.  É UMA Zona de Protecção Especial para a Avifauna. Algumas das centenas de espécies de aves que se podem observar neste verdadeiro santuário natural estão classificadas ou ameaçadas.

 

 

Artigo anterior

Marca Pessoal: reinventemo-nos no caminho

Próximo artigo

Tradição gastronómica de Setúbal reunida em livro