Home»GLAMOUR»MODA»Modelo com doença rara quebra barreiras

Modelo com doença rara quebra barreiras

A americana Melanie Gaydos, de 27 anos, portadora do raro síndrome displasia ectodérmica, tem conquistado o mundo da moda com a sua aparência única

Pinterest Google+

Melanie Gaydos nasceu há 27 anos com uma rara desordem genética com o nome de displasia ectodérmica. Este síndrome afeta o crescimento do cabelo e pelos, dentes, unhas, cartilagens e ossos. Ao crescer na cidade de Nova Iorque, a jovem sempre sonhou ser uma modelo com carreira internacional.

 

Apesar do preconceito com que lidou durante toda a sua infância e adolescência, Melanie não se deixou abater e usando a sua doença, que lhe confere um aspeto único, a seu favor, a artista licenciada em Belas Artes tem dado passos importantes na sua carreira de modelo.

 

Tudo começou quando Melanie se inscreveu no site Craigslist, onde fez contactos com agências e outros profissionais de moda que procuram modelos com padrões de beleza diferentes. Num curto espaço de tempo, a jovem participou em vários desfiles na Semana da Moda de Nova Iorque, fez campanhas publicitárias e editoriais de moda e tem recebido muita atenção por parte da imprensa, tendo a BBC realizado até um breve documentário sobre a sua história.

 

Aqui, Melanie conta alguns episódios da sua infância: «Uma das minhas lembranças mais antigas é um estranho a observar-me e a fazer perguntas à minha família sobre mim», conta. «Não entendia porque é que me olhavam daquela forma. E quando era criança também não compreendia porque é que me tratavam de forma diferente. Na escola as crianças tinham medo de mim.»

 

Numa altura em que a moda tem procurado incluir padrões de beleza diferentes, Melanie tem vindo a conquistar o seu lugar no mercado e tornou-se já um exemplo positivo de superação. Para a jovem, a diferença tem vindo a diminuir: «Este ano eu tenho feito uma abordagem mais ativa em relação a acreditar em mim e em quem eu sou como pessoa. Trabalhar como modelo inspira-me. De certa forma ajudou-me a confirmar e validar as minhas razões para viver.»

Artigo anterior

Miguel Vieira e Carlos Gil na Semana de Moda de Milão

Próximo artigo

Hot Tug: Uma banheira a todo o vapor