Home»GLAMOUR»MODA»ModaLisboa. 25 anos. 50 desfiles

ModaLisboa. 25 anos. 50 desfiles

De 8 a 11 de março, a moda nacional regressa ao palco lisboeta para mostrar as tendências do próximo outono/inverno. Com a moda como fenómeno efémero, e em jeito de balanço, a ambição continua a ser desafiar o tempo e «criar algo que viva para sempre».

Pinterest Google+

De 8 a 11 de março, a ModaLisboa regressa para mostrar o que os criadores nacionais e alguns convidados propõem como tendência para o outono/inverno 2018/19, numa edição que continua a celebrar os 25 anos da plataforma e agora 50 desfiles apresentados.

 

Esta edição redonda, pretende ir muito além da simples contabilidade e efeméride histórica.  «Em 2018, a ModaLisboa continua a viver com a mesma ambição e objetivo: criar para sempre. Proporcionando as condições que dinamizam a criação artística de moda nacional, descobrindo os artistas que farão parte da nossa vida cultural futura, garantindo a liberdade que ainda faz a moda ser inesperada, desafiadora, refrescante e imprevisível», refere a plataforma dirigida por Eduarda Abbondanza.

 

VEJA TAMBÉM: CALCE NACIONAL PARA UNS PÉS MAIS SEXY

 

Assim, e porque o mundo mudou muito nestes últimos 25 anos, «fazer moda já não é apenas produzir moda, mas desafiar os conceitos, reformular os modelos, quebrar as regras e, por vezes, negar e renegar tudo aquilo que ficou para trás», refere a plataforma.

 

Para isso, para além dos desfiles, também as fast talks pretendem debater o mundo da moda. Com moderação de Joana Barrios, neste encontro vão estar a escritora parisiense Haydée Touitou, a fashion stylist americana Olive Duran, o escritor e curador britânico Paul Gorman, e a apresentadora e influenciadora portuguesa Raquel Strada, para um debate sobre os desafios que se colocam à comunicação de moda contemporânea. A decorrer na Estufa Fria de Lisboa, no dia 8 de março, pelas 18h00.

 

A moda também se mostra através de uma instalação que conjuga moda, tecnologia, sustentabilidade, arte e design, através de exemplos de criatividade e produção industrial nacional. O showcase ModaPortugal explora e potencia o relacionamento entre a indústria têxtil, as marcas e os designers. Apresenta as propostas de sete marcas portuguesas e dos oito designers que integram o desfile Sangue Novo desta edição da ModaLisboa.

 

VEJA TAMBÉM: MARCAS PORTUGUESAS EM DESTAQUE NA FEIRA DE MODA SUSTENTÁVEL EM BERLIM

 

E para sistematizar tudo, porque a linguagem da moda continua a ser a imagem, os fotógrafos Ana Roque Di Pinho, Arlindo Camacho e Pedro da Silva vão mostrar de que forma evoluiu a linguagem fotográfica de moda que, para muitos, se tornou comum, mas que continua a descobrir novos intérpretes, novas plataformas e formas de expressão. O trabalho dos três profissionais estará exposto na área exterior do Pavilhão Carlos Lopes, nos dias 9, 10 e 11 de março.

 

Nesta 50ª edição, que vai decorrer no Pavilhão Carlos Lopes e na Estufa Fria, em Lisboa, o objetivo é convocar a renovação, a inspiração e o talento espontâneo, que reflitam a comunidade atual, numa apresentação integradados vários fatores que hoje fazem moda.

 

Conheça o programa proposto na página seguinte.

Artigo anterior

A história do Dia Internacional da Mulher

Próximo artigo

Vale a pena esperar?