Home»S-Vida»Miopia pode ser acionada por falta de luz natural

Miopia pode ser acionada por falta de luz natural

Mais de mil milhões de pessoas no mundo têm miopia, cuja incidência está a aumentar. Segundo este estudo, a causa pode estar no tempo que as pessoas passam fechadas em casa.

Pinterest Google+
PUB

Os cientistas da Universidade de Northwestern, EUA, descobriram uma célula na retina que pode causar miopia quando ocorrem disfunções, sendo que estas podem estar ligadas à quantidade de tempo que uma criança passa dentro de casa e longe da luz natural.

 

A recém descoberta da célula retiniana, que é altamente sensível à luz, controla como o olho cresce e se desenvolve. Se a célula instruir o olho a crescer durante muito tempo, as imagens deixam de ser focadas na retina, o que causa visão míope e uma vida inteira a usar óculos ou lentes de contacto. A retina contém um sinal para focar a imagem no olho, e este sinal é importante para regular adequadamente o crescimento do olho durante a infância.

 

Veja também: Redes sociais afetam sono regular dos jovens

 

«O olho precisa de parar de crescer no momento certo durante a infância», diz Greg Schwartz, investigador principal e professor assistente de oftalmologia na Northwestern University Feinberg School of Medicine, em comunicado. «Mas durante anos ninguém sabia qual era a célula que carregava o sinal”, disse Schwartz. «Nós encontramos a peça que faltava, que é a célula que realmente faz essa tarefa e o circuito neural que permite esta função visual importante».

 

Para realizar o estudo, os cientistas utilizaram elétrodos de vidro microscópicos para gravar sinais elétricos de células numa retina de rato, enquanto apresentavam padrões de luz num projetor digital. De seguida transformaram a sua atividade para cima ou para baixo num modelo de um rato genético para tentar induzir ou curar a miopia. A célula retiniana foi a única, entre muitos outros tipos de células testados, que apresentou uma sensibilidade requintada para detetar se uma imagem estava focada.
O espectro de luz interior tem um alto contraste vermelho / verde que ativa esses fotorreceptores no olho humano, criando o equivalente a uma imagem de contraste artificial na retina. É provável que a versão humana da célula de gânglio retiniano retardada fosse super estimulada por tais padrões, causando um excesso de crescimento anormal do olho, levando à miopia, sugere o estudo.

 

Veja também: A fórmula para viver até aos 100 anos

 

A retina tem cerca de 50 tipos de células ganglionares da retina, que juntos transmitem todas as informações que usamos para perceber o mundo visual, explica o comunicado divulgado. Cada uma dessas células fornece informações visuais diferentes – como cor ou movimento – sobre qualquer ponto no espaço.

 

As descobertas deste estudo podem levar à terapia genética para tratar a cegueira e melhorar a função da prótese artificial da retina.

Artigo anterior

Turismo de Portugal lança plataforma Portuguese Trails

Próximo artigo

Plataforma portuguesa permite ter várias consultas ou aulas sem sair de casa