Home»S-Vida»Medo de ir ao dentista? Combata a odontofobia

Medo de ir ao dentista? Combata a odontofobia

O medo irracional de ir ao dentista tem nome: odontofobia. Se é o seu caso, veja como combater este desconforto na hora de cuidar do seu sorriso e saúde oral.

Pinterest Google+
PUB

Procurar aconselhamento

O medo de ir ao dentista pode ser justificado por más experiências passadas, mas é importante ter em conta que nem todos os profissionais e tratamentos são iguais. A melhor forma de contornar o problema é procurar aconselhamento junto de amigos ou pesquisar novas clínicas e profissionais que estejam bem referenciadas, para encarar a experiência com confiança renovada e melhores expetativas.

 

Tirar todas as dúvidas

Quanto maior segurança tiver sobre um tratamento, menor o receio em avançar. O truque é esclarecer todas as dúvidas com o profissional de saúde e reunir informação segura e confiável sobre o processo a seguir, de forma a garantir que não sofre por antecipação ou por imaginar um cenário que não corresponde à realidade.

 

Conhecer as novas tendências do setor

Há quem tenha receio de tratamentos que, hoje em dia, já não metem medo a ninguém. A tecnologia revolucionou o setor da ortodontia e há agora tratamentos, como o ortodôntico invisível, que oferecem uma experiência eficaz e indolor através da utilização de alinhadores invisíveis. É importante conhecer as novas soluções para não temer o passado.

 

 

Utilizar técnicas de relaxamento

Se o medo é difícil de controlar, há formas de, pelo menos, o contornar. Além de um exercício de respiração e de fechar os olhos, a solução pode passar pela música. Depois de esclarecidas as dúvidas com o profissional de saúde, concentre-se em ouvir música que o transporte para outro ambiente.

 

Focar no resultado final

A melhor solução para ultrapassar a odontofobia é focar-se no resultado final. Há clínicas que dão a oportunidade aos pacientes de visualizarem o sorriso após o tratamento ainda antes de o iniciar, o que constitui uma motivação e confiança extra para avançar no tratamento, sem medos. Fonte: Impress

 

VEJA TAMBÉM: 

CÁRIE DENTÁRIA NA INFÂNCIA: COMO PREVENIR

SAÚDE ORAL: CUIDADOS DIÁRIOS SEGUNDO OS MÉDICOS DENTISTAS

TIPOS DE APARELHOS ORTODÔNTICOS: QUAL O MAIS INDICADO PARA SI?

 

Artigo anterior

Há sal para todos os gostos, mas qual o melhor?

Próximo artigo

As inúmeras vantagens de pedalar