Home»GLAMOUR»BELEZA»Mas afinal o que é a celulite e como se pode tratar?

Mas afinal o que é a celulite e como se pode tratar?

Não é considerada uma doença, mas é uma preocupação estética importante para um grande número de mulheres, afetando cerca de 95% das mulheres após a puberdade.

Pinterest Google+
PUB

A celulite observa-se nas áreas onde a gordura está sob a influência das hormonas femininas (estrógeno), como as ancas, coxas e nádegas, embora possa ocorrer em diferentes zonas.

 

A causa da celulite é multifatorial. Os fatores predisponentes são a genética, parte hormonal, alimentação e sedentarismo.

 

A celulite é uma acumulação de gordura que se caracteriza pelo aspeto ondulado da pele, tipo “casca de laranja”, em algumas áreas do corpo, devido à presença de inflamação.

 

VEJA TMBÉM: CELULITE: O PAPEL DOS ESTROGÉNIOS

 

Afeta cerca de 95% das mulheres após a puberdade. Não é considerada uma doença, mas é uma preocupação estética importante para um grande número de mulheres.

 

Os graus de celulite são determinados através de uma escala que avalia as suas principais características:

 

– Grau 1: sem ondulações ou irregularidades. Ao comprimir a pele, surgem pequenas ondulações e “buraquinhos”.

 

– Grau 2: ondulações e “buraquinhos” já são percebidos sem comprimir a pele.

 

– Grau 3: presença de nódulos

 

– Grau 4: vários nódulos, celulite “dura”, inchaço, comprometimento da circulação, pele com aspeto acolchoado.

 

Nos graus avançados, a celulite pode causar dor, pois promove a compressão de terminações nervosas locais.

 

O tratamento da celulite passa por alterações do estilo de vida, alterações na alimentação e tratamentos concebidos para tratar de forma eficaz esta condição. O lipolaser4k é um procedimento que numa única sessão permite tratar a celulite. É feito recorrendo a uma fibra ótica que trata a pele e a gordura desde o interior.

 

Nas fases iniciais, a tecnologia Deep Slim está indicada. Trata-se de ultrassons de baixa frequência, tecnologia exclusiva e patenteada que permitem desinflamar os tecidos e corrigir o aspeto casca de laranja.

 

Por Sofia Carvalho

Cirurgiã plástica e estética

 

 

Artigo anterior

Das matrafonas aos cabeçudos: o top 5 do Carnaval em Portugal

Próximo artigo

2024 é o Ano do Dragão. Conheça o seu horóscopo chinês