Home»LAZER»DICAS & VIAGENS»Marriott International cria quarto de hotel do futuro

Marriott International cria quarto de hotel do futuro

Programar o chuveiro para a temperatura desejada, marcar uma sessão de ioga num espelho de corpo inteiro ou pedir o serviço de quartos são algumas das funcionalidades que a cadeia internacional está a testar para projetar o que será o futuro da hotelaria.

Pinterest Google+

A Marriott International em parceria com as empresas tecnológicas Samsug e Legrand criou o “quarto de hotel inteligente” com Internet IoT (Internet of Tthings – internet das coisas) para oferecer uma experiência futurista aos seus hóspedes. O objetivo é introduzir este tipo de quarto na cadeia no prazo de très a cinco anos.

 

O projeto do IoT Guestroom Lab, desenvolvido no laboratório de inovação da sede da empresa, em Bethesda, EUA, explora novos conceitos com potencial para enriquecer a experiência dos hóspedes, criando designs, construções e serviços mais eficientes que contribuem para os objetivos de sustentabilidade da Marriott.

 

O Lab funciona como um “quarto inteligente”, com diversos sistemas, dispositivos e aplicativos de IoT adaptados às necessidades e gostos de cada hóspede e otimizam as operações do hotel.

 

VEJA TAMBÉM: SPAS DE SILÊNCIO: A NOVA TENDÊNCIA DE BEM-ESTAR

 

A tecnologia do IoT Guestroom Lab permite, por exemplo, que o hóspede use um assistente virtual para definir o alarme de despertar, programar sessões de ioga num espelho de corpo inteiro, solicitar o serviço de quarto e ligar o chuveiro na temperatura desejada. As informações ficam registadas no perfil do cliente e são ativadas por voz ou através de uma aplicação.

 

«Estamos muito orgulhosos da nossa parceria com as empresas líderes na inovação e revolução de experiência dos hóspedes. Estamos no caminho certo para criar o quarto de hotel do futuro. A Marriott usa tecnologia móvel e habilitada por voz para que os hóspedes possam configurar o quarto, por meio da criação de um ambiente relaxante ou produtivo consoante as suas necessidades.A tecnologia do quarto, não é restrita àqueles que acompanham as últimas tendências tecnológicas. A Marriott produziu um sistema fácil de ser utilizado por qualquer tipo de hóspede», comenta Elmar Derkitsch, diretor-geral do Lisbon Marriott Hotel.

Artigo anterior

Mulher de 68 anos é a mais tatuada de sempre

Próximo artigo

Nestlé lança fórmula biológica para lactentes