Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Março é o mês do sável em Vila Franca de Xira

Março é o mês do sável em Vila Franca de Xira

Em março, o sável é presença obrigatória nas mesas de Vila Franca de Xira. Com 32 restaurantes aderentes em todo o concelho, esta é a altura certa para provar este peixe do rio frito com açorda de ovas ou provar novas propostas com risoto ou cabidela.

Pinterest Google+
PUB

A Câmara Municipal de Vila Franca de Xira dá continuidade à sua campanha de gastronomia de aposta no sável, numa iniciativa à qual se associam este ano 32 restaurantes de todo o concelho.

 

Nesta edição, os restaurantes aderentes estão localizados em Alhandra, Alverca do Ribatejo, Castanheira do Ribatejo, Póvoa de Santa Iria, São João dos Montes, Sobralinho e Vila Franca de Xira. Aqui, os munícipes e visitantes podem desfrutar desta iguaria numa confeção mais tradicional – o sável frito com açorda de ovas – ou descobrir outras propostas em carta consoante o estabelecimento.

 

O programa prevê provas de vinho na Quinta de Subserra, visitas a exposições patentes e ainda descontos em alojamento, lazer e produtos dos parceiros desta iniciativa. Algumas das atividades carecem de marcação prévia junto do Posto de Turismo e as condições promocionais são explicitadas no programa oficial da Campanha.

 

VEJA TAMBÉM: BALOIÇOS PANORÂMICOS A NÃO PERDER EM PORTUGAL

 

No âmbito do “Março, Mês do Sável”, a Câmara Municipal promove ainda vários showcookings.  Assente na tradição gastronómica Varina e Avieira, cuja fixação na borda do Tejo é património histórico e cultural do Concelho de Vila Franca de Xira, a Campanha de Gastronomia “Março, Mês do Sável” exalta estas comunidades, promovendo a ligação do Município à riqueza natural da sua frente ribeirinha e do Rio Tejo.

 

O evento valoriza estas raízes, ao mesmo tempo que potencia a ligação do município ao rio Tejo e promove a sua frente ribeirinha, com 22km de extensão, enquanto uma das suas maiores riquezas naturais.

 

A Campanha de Gastronomia “Março, Mês do Sável” é marca registada do Município de Vila Franca de Xira.

 

 

Artigo anterior

Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia pede mais prevenção para cancro do intestino

Próximo artigo

Ser mulher: a emoção a razão, o sexto sentido e a prevenção