Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»‘Mais Sabor, Menos Sal’ é o mote da Semana de Consciencialização sobre o Sal

‘Mais Sabor, Menos Sal’ é o mote da Semana de Consciencialização sobre o Sal

Até 14 de março, esta ação visa encorajar a população mundial que está em casa a cozinhar a usar outros condimentos que não o sal. Pretende também partilhar informações baseadas em evidências para reduzir o consumo de sal na população de modo a proteger a saúde cardiovascular.

Pinterest Google+
PUB

A Semana de Consciencialização sobre o Sal, promovida pela Organização Mundial de Saúde, tem este ano como tema ‘Mais Sabor, Menos Sal’, para alertar as pessoas que estão a cozinhar em casa a usarem outros condimentos na preparação das suas refeições em vez do sal.

 

«A pandemia global de COVID-19 mudou as nossas vidas de muitas maneiras, incluindo a forma como comemos. As restrições postas em prática para ajudar a diminuir a propagação do vírus significam que, em vez de socializarmos e comermos em restaurantes, cafés e mercados ao ar livre, passamos agora mais tempo em casa. Com o aumento do tempo em casa veio um aumento na comida caseira e a oportunidade de aprimorarmos as nossas receitas favoritas ou até mesmo ser criativo na cozinha com novas receitas e sabores», divulga a campanha.

 

VEJA TAMBÉM: COMO PREVENIR AS DOENÇAS CARDIOVASCULARES

 

Pode parecer que a única maneira de adicionar sabor às refeições caseiras é com uma grande pitada de sal, mas existem tantas outras maneiras de garantir sabor à comida. Nesta Semana de Consciencialização sobre o Sal, a campanha fornece dicas simples para ajudar a a usar menos sal, incluindo:

 

– Substituir o sal por pimenta, cítricos, ervas frescas, alho, pimenta do reino e especiarias

– Reduzir os molhos, como molho de soja, ketchup e molhos para salada, que podem conter muito sal escondido.

 

VEJA TAMBÉM: HÁ SAL PARA TODOS OS GOSTOS, MAS QUAL O MELHOR?

 

Recorda também que todo o sal é sal (até mesmo os sais elegantes do mar, rocha e rosa) Mas existem alternativas com baixo teor de sódio para quem precisa de um pouco mais de tempo para se ajustar a um sabor menos salgado.

 

Segundo a Organização Mundial de Saúde recomenda o consumo máximo de 5 gramas de sal por dia. Porém, mundialmente o consumo oscila entre os 8 gramas e os 15 gramas por dia. Uma dieta elevada em consumo de sal aumenta a pressão arterial e eleva o risco de AVC e de doença cardiovascular. O consumo excessivo também está associado a osteoporose, doenças nos rins e cancro no estômago.

 

Artigo anterior

Os superalimentos que ajudam no desporto

Próximo artigo

Números combinados: o que significam e exemplos