Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Mais de 117 mil divorciados portugueses procuraram o amor na internet

Mais de 117 mil divorciados portugueses procuraram o amor na internet

O número de pessoas divorciadas ultrapassou, pela primeira vez, o número de pessoas viúvas.

Pinterest Google+
PUB

O Felizes.pt, site português de encontros, revela que em 2022 mais de 117 mil divorciados procuraram o amor online. Os dados indicam ainda que o número de mulheres divorciadas a optar por esta alternativa é maior do que o número de homens.

 

De acordo com dados revelados pelo portal, 117,497 divorciados aderiram ao online dating durante este ano, o que corresponde a 40% dos utilizadores da plataforma. O Felizes.pt apurou ainda que o número de mulheres divorciadas é superior ao número de homens, sendo que mais de 67 mil são mulheres e 50 mil são homens.

 

Através de uma divulgação do Censos 2021, sabe-se que o número de pessoas divorciadas ultrapassou, pela primeira vez, o número de pessoas viúvas, e que 43,5% das pessoas em Portugal estão solteiras.

 

VEJA TAMBÉM: AMOR ONLINE: COMO VALORIZAR O SEU PERFIL

 

A população com estado civil “casado” representa atualmente 41%, uma redução em 2,2 pontos percentuais face a 2011. São cerca de 4,2 milhões de portugueses casados, menos que os cerca de 4,5 milhões de solteiros.

 

Procura pelo amor online

Para estes divorciados ou recém-solteiros, tudo aponta para que a procura online seja uma jornada com um final feliz, sendo que a plataforma do Felizes.pt dispõe de quase 8 mil testemunhos de pessoas divorciadas que encontraram o amor desta forma.

 

Considerando este universo de testemunhos, a plataforma confere que os números estão a favor das mulheres voltarem a encontrar um relacionamento através das plataformas online, com mais do dobro da taxa de sucesso do que os homens divorciados.

“No meu caso, o nome do site não podia ser mais verdadeiro: encontrei a felicidade com uma pessoa, simplesmente, perfeita. Acredito que seja mesmo a minha metade, algo que julgava ser uma balela inventada por sonhadores. Afinal, era eu que estava enganada… Ainda bem! Obrigada por nos terem proporcionado esta oportunidade que de outra forma não teria sido possível”, refere Susana, 37 anos, utilizadora do Felizes.pt.

 

Já não são só os mais jovens que procuram estas plataformas para encontrar um relacionamento. Com o acesso à tecnologia cada vez mais facilitado, a internet tornou-se essencial até para os que acreditavam que era muito complicado. As gerações mais velhas adaptaram-se à cultura digital e juntaram-se também à aventura do online dating onde podem procurar uma segunda oportunidade no amor.

 

 

Artigo anterior

Dicas sempre em dia para viajar em segurança

Próximo artigo

Não se deixe contagiar pelo stress natalício