Home»FOTOS»Livro de cortiça distinguido com Prémio Europeu de Design

Livro de cortiça distinguido com Prémio Europeu de Design

O livro “The Cork Book”, da Corticeira Amorim, recebeu a medalha de bronze nos European Design Awards, que distinguem o que de melhor se faz em design de comunicação na Europa.

Pinterest Google+

O mais recente projeto editorial da Corticeira Amorim recebeu o galardão Bronze, na categoria Publicações,  nos Prémios Europeus de Design 2018. O ‘The Cork Book’ foi distinguido, no passado dia 2 de junho, em Oslo, na Noruega, por ser uma publicação que apresenta, de uma forma global, a indústria da cortiça, a sua singularidade e as florestas de sobreiro que são a origem sustentável de um extenso portfolio de produtos, desenvolvidos a partir da cortiça, uma matéria-prima natural.

 

O projeto gráfico do ‘The Cork Book’ foi pensado e desenvolvido pelo atelier italiano Studio FM Milano. O livro apresenta na capa a palavra Cork, dividida em duas linhas, uma analogia com o elemento químico da Tabela Periódica dos Elementos.  Veja imagens na galeria acima.

 

Com estampagem em todas as faces, a publicação apresenta uma textura da superfície e proporções que evocam a cortiça como um elemento primário, tal como o ferro e o ouro. Nas páginas interiores do livro são utilizados códigos visuais contemporâneos, sobrepostos a uma linguagem mais clássica.

 

VEJA TAMBÉM: TAPETES DE CORTIÇA: UMA INOVAÇÃO PORTUGUESA COM CERTEZA

 

«A cortiça representa, de facto, esta dicotomia entre um material que é utilizado há milhares de anos e que, ao mesmo tempo, dá origem a novas e inesperadas utilizações. Uma matéria-prima antiga, mas muito contemporânea, 100% natural e ainda assim aplicada em inúmeras soluções e ambientes high-tech, e atualmente selecionada por algumas das indústrias mais exigentes do mundo em termos de qualidade», comenta a Corticeira Amorim em comunicado.

 

A paleta cromática do ‘The Cork Book’ desenvolve-se em torno de duas cores especiais, dois verdes, o verde mais escuro que corresponde à cor institucional da Corticeira Amorim e o verde fluorescente que parece saído diretamente de um ecrã digital. A utilização simultânea destes dois verdes sublinha e reforça a natureza ambivalente da cortiça, um material que o livro ‘The Cork Book’ consegue apresentar em todo o seu potencial.

 

VEJA TAMBÉM: ONU QUER O MUNDO A LIMPAR A POLUIÇÃO GERADA PELOS PLÁSTICOS

 

Este livro venceu através de uma representação italiana. No caso de Portugal, três projetos ganharam também medalhas. As brochuras para o Teatro Académico de Gil Vicente receberam a medalha de ouro na categoria Promoção; a Couro Azul ganhou bronze na categoria Digital; e a Tomelo Natura Soap ganhou bronze na categoria Embalagem. Conheça todos os vencedores dos European Design Awards neste link.

 

Desde 2007, que um grupo de jornalistas, editores e académicos se reúne anualmente para selecionar, avaliar e reconhecer os melhores exemplos de design de comunicação.  A cerimónia de entrega dos Prémios Europeus de Design é realizada num festival, promovido cada ano numa cidade diferente. O festival funciona como uma plataforma que reúne as pessoas mais criativas da comunidade.

 

Artigo anterior

Geração Selfie: estudo identifica impactos negativos no desenvolvimento dos adolescentes

Próximo artigo

Copos de plástico descartáveis banidos do Rock in Rio Lisboa