Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Lisboetas convidados a pedalar por um país melhor

Lisboetas convidados a pedalar por um país melhor

Chama-se Maratona de Bike, tem 600 bicicletas indoor e está a ser organizada pelo Movimento Portugal Ativo. Inserida na Semana Europeia do Desporto, a ideia é romper com os números arrasadores de prática de atividade física dos portugueses, que se encontram no fundo da tabela, com consequências negativas para a sua saúde e bem-estar.

Pinterest Google+

O Movimento Portugal Ativo, liderado pela Associação de Empresas de Ginásios e Academias de Portugal, vai promover o exercício físico e o uso de bicicletas na Maratona de Bike. Esta maratona, que vai estar inserida no primeiro dia da Semana Europeia do Desporto, vai acontecer amanhã, dia 23 de setembro, junto ao no Padrão dos Descobrimentos, em Lisboa.

 

Neste dia, das 10:00 às 18:00, o Padrão dos Descobrimentos vai receber cerca de 600 bicicletas indoor. Durante esta maratona, os participantes, a organização conta com a presença de 3.000 pessoas, vão ser desafiados a manterem estas bicicletas sempre em movimento e a pedalarem por um Portugal melhor, mais ativo e saudável.

 

VEJA TAMBÉM: DESCUBRA AS ALDEIAS HISTÓRICAS DE PORTUGAL A PEDALAR

 

O Movimento Portugal Ativo, que tem como mote ‘Começar por Começar’, foi criado para acabar com os números arrasadores apresentados pelo Eurobarómetro da Atividade Física 2017. Segundo estes dados, 78% da população portuguesa não faz qualquer tipo de exercício físico. Portugal partilha o último lugar neste ranking em parceria com a Grécia e Malta. A media europeia de inatividade é de 42%, muito mais baixa que os valores apresentados pelo nosso país.

 

Os números alcançados por Portugal no ano anterior conseguem ser ainda mais baixos do que aqueles referentes ao ano de 2013. No que toca à população jovem, os níveis de inatividade e obesidade aumentam de ano para ano. Para ajudar a mudar estes valores, o Movimento Portugal Ativo propõe-se a atingir, até 2020, a fasquia de um milhão de praticantes de atividade física acompanhada, contribuindo para a meta Europeia de 80 milhões de praticantes até ao ano de 2025.

 

VEJA TAMBÉM: CONHEÇA AS VANTAGENS DE PEDALAR

 

«Portugal tem de alterar as mentalidades, fazer aumentar drasticamente o número de pessoas ativas e ainda tornar os clubes de fitness & saúde mais acessíveis. A frequência dos mesmos está intimamente ligada à prevenção da doença e promoção da saúde. É evidente que apostar na prática de exercício físico não se trata de uma despesa, mas sim de um investimento na saúde. E a ida ao Ginásio é um primeiro passo», conta o porta-voz deste movimento e presidente da AGAP, José Carlos Reis.

 

 

 

 

Artigo anterior

Quer um ventre sexy? Veja estas dicas para perder a barriga

Próximo artigo

Maior clube privado para milionários abre a bordo de um cruzeiro em 2019